Resumo Trabalho

EDUCAÇÃO SEXUAL: UMA ABORDAGEM ALÉM DA FISIOLOGIA HUMANA

JULIANA NEGRELLO ROSSAROLLA, LÍVIA CATARINA MATOSO DOS SANTOS TELLES, PAULO SEVERINO DA SILVA, SUZANA CAROLINE DA SILVEIRA COUTI

A proposta dessa pesquisa teve como objetivo investigar as definições de sexualidade; verificar as orientações normativas sobre a Educação Sexual nas escolas; identificar as concepções dos autores sobre a Educação Sexual e sua relevância no ambiente educacional. A metodologia adotada foi a pesquisa bibliográfica, desenvolvida a partir de materiais publicados em livros, artigos, dissertações e teses. Aborda-se a importância de a escola proporcionar oportunidades aos professores, alunos, pais e outros membros do ambiente educativo para dialogarem sobre o assunto, já que os alunos vivem momentos de transição, tanto em seu desenvolvimento pessoal, como de valores ligados à sexualidade na contemporaneidade, sendo necessário maiores embasamentos teóricos, de forma a promover a reflexão e a formação de um individuo mais humano, que se respeita e respeita ao próximo. Este estudo trouxe inquietações sobre a necessidade da Orientação Sexual além de abordagens fisiológicas, a escola tem necessidade de tratar temas como: diversidade de gênero, violência sexual e psicológica, homofobia e outros assuntos que são levantados em sala pelos alunos e acabam sendo ignorados pela escola. Enfim a escola carece estar aberta à uma oferta de Educação Sexual com sugestões dialogadoras que orientam as dúvidas dos alunos. É função da Educação promover a libertação do aluno e a Educação Sexual faz parte desse processo.

Veja o artigo completo: PDF