Resumo Trabalho

INTERMIDIALIDADE E ADAPTAÇÃO INTERCULTURAL NO MUSICAL 7, DE MÖELLER E BOTELHO

FILIPE MOURA GALDINO, SANNY MIELLY ALMEIDA DE MORAES BARROS

Neste subprojeto, o foco do estudo se volta a um espetáculo musical em particular: 7, de Charles Möeller e Claudio Botelho, com fins de análise-interpretação e com o objetivo de descrever o, assim chamado, modelo genérico a que ele está submetido: a saber, o modelo genérico estadunidense, derivativo da Broadway (que, atualmente, é hegemônico e dominante). A partir da relação do texto do 7 com este modelo genérico estrangeiro e com um conjunto de contos tradicionais europeus, relevantes à tessitura do enredo, outra questão será abordada: aquela que se volta à discussão em torno da adaptação intercultural, buscando-se entender como uma cultura-fonte está representada em um objeto cultural de uma cultura-alvo, mediante um processo de relação intercultural. Outro ponto importante de nossa pesquisa é a sua vinculação ao campo teórico da intermidialidade, marcado pela relação entre mídias variadas (texto e encenação; texto e música, etc.), o que implica na metodologia da pesquisa da relação entre dramaturgia/teatro.

Veja o artigo completo: PDF