Resumo Trabalho

HOMOFOBIA E ESCOLA: UM RELATO DA VIOLÊNCIA NO AMBIENTE ESCOLAR

ANTONIO CARLOS B. S. NETO, DÉBORHA MARIA BEZERRA BARRETO SOUZA, RICKISON CRISTIANO DE ARAÚJO SILVA, SONALY SILVA GUEDES

Homofobia é o termo usado para designar o preconceito aos homossexuais, suas vítimas são forçadas a reprimir sua orientação sexual, seus hábitos e seus costumes. Os comportamentos homofóbicos geram graves consequências psicológicas e podem chegar ao extremo - uma violência física e/ou até a morte A homofobia se torna ainda mais perigosa quando ocorre no escola, onde os jovens ainda estão em formação e não compreendem ou não percebem os resultados negativos que esta prática causa em suas vítimas, e trata-se de uma perseguição durante toda a vida escolar que não se resume apenas aos estudantes, mas envolve também os pais, professores e gestores. A vítima de homofobia passa a ver a escola, ambiente que deveria ser acolhedor e de formação, num ambiente de repressão. Através de teóricos como BRANCO (2012), e com base nos PCNS (1997) e no Programa de combate à violência e à discriminação contra GLBT, hoje LGBT, e promoção da cidadania homossexual, pretendemos ampliar e assegurar a investigação dessa problemática.

Veja o artigo completo: PDF