Resumo Trabalho

A PERFORMANCE-PAQUERA ENTRE HOMENS NA “POP-ISMO” DE SOBRAL/CE.

FABRÍCIO DE SOUSA SAMPAIO

A paquera pode ser definida como busca tributária de certos regramentos principalmente em relação às suas finalidades, ao objeto paquerado e aos cenários culturais onde ocorre esse processo de aproximação. Neste sentido a paquera pode ser constituída por rituais. A etnografia em andamento que parte dessa problemática objetiva identificar e compreender os rituais performáticos dos corpos generificados em situação de paquera homoerótica durante as edições da “Pop-ismo” na cidade de Sobral-CE. A constatação de que a paquera contemporânea é um continuum ritualístico interdependente entre os contextos culturais em que se realiza é o ponto de partida da investigação. E uma das principais conclusões é a de que os corpos em performance durante a paquera reforçam a heternormatividade, os padrões estéticos corporais dominantes e os códigos sociotemporais localizados numa perambulação reiterativa e/ou subversiva entre a “performance máscula” e a “performance rasgada”.

Veja o artigo completo: PDF