Resumo Trabalho

ENTRE TREVAS E LUZ: A LOUCURA DE BERTHA MASON EM JANE EYRE, DE CHARLOTTE BRONTË

Autor(es): DÉBORA LORENA LINS

O presente trabalho tem como objetivo fazer uma análise de como a loucura é representada dentro do romance vitoriano, Jane Eyre, de Charlote Brontë, a partir da personagem Bertha Mason. Neste, atentaremos para o modo como a personagem considerada como louca é tratada (metaforicamente e clinicamente) e como é vista por aqueles que o cercam. Para tanto, o trabalho bebe nas fontes de Michel Foucault acerca da história da loucura, bem como de Brandão e Branco, acerca da mulher no universo da loucura.

Veja o artigo completo: PDF