Resumo Trabalho

CIÊNCIA NO FEMININO: UM ESTUDO SOBRE AS RELAÇÕES DE GÊNERO NA UNIVERSIDADE

EMANUELY ARCO IRIS SILVA, ALLENE CARVALHO LAGE

O presente artigo tem por objetivo refletir sobre como vêm se desenhando as relações de gênero no corpo docente da Universidade, tomando como referência a presença da mulher docente nos grupos de pesquisa registrados no CNPq da pós-graduação stricto sensu da UFPE. Para tanto, analisamos o número de mulheres e homens docentes líderes de cada grupo. Nesse aspecto, a investigação fundamentou-se em quatro áreas do conhecimento: Ciências Humanas, Ciências Exatas e da Terra, Engenharias e Ciências da Saúde. Nossa metodologia esteve pautada em uma pesquisa quantitativa, do tipo exploratória e explicativa. Nessa perspectiva, centramos o nosso estudo no pensamento teórico de Walter Mignolo, Boaventura de Sousa Santos, Londa Schiebinger, Colling e outras/os, no que se refere às questões das relações de gênero e da ciência. Outrossim, pesquisar sobre as relações de gênero na academia é ainda levar em consideração as diferenças socioculturais que hierarquizam os grupos existentes, para que possamos compreender a importância de uma sociedade onde mulheres e homens sejam iguais efetivamente, tanto em direitos, quanto na percepção social de seus papéis e comportamentos.

Veja o artigo completo: PDF