Resumo Trabalho

A MULHER É UMA DIVA E O HOMEM É “DIVAGAR”? DISCRIMINAÇÃO DE GÊNERO NA PUBLICIDADE

SMALYANNA SGREN DA COSTA ANDRADE, DEBORA RAYANE GOMES SILVA, MARCIELE ROSENDO PESSOA CABRAL, ANDREIA SOUSA MARQUES DE LUCENA

Na década de 70, a diferenciação entre sexo e gênero foi fundamental para contrapor o determinismo biológico como fundamentação para as desigualdades sociais entre mulheres e homens. Considerando as diversas formas de disseminação destas concepções, indaga-se: a propaganda pode fortalecer as diferenças entre os papéis determinados para mulheres e homens desempenhados em âmbito privado? Diante disso, o estudo teve como objetivo identificar a existência da discriminação de gênero a partir da análise do conteúdo verbal de uma propaganda da Bombril. Trata-se de estudo exploratório, utilizando a técnica de análise de conteúdo. A análise dos resultados permitiu gerar duas categorias temáticas intituladas: Fortalecimento dos papéis sociais e a Mulher: ser superior? Adiante é possível observar o discurso na íntegra. Concluiu-se que o comercial ofendeu aos dois gêneros, reafirmando a existência da discriminação.

Veja o artigo completo: PDF