Resumo Trabalho

AUTORIA E REPRESENTAÇÃO FEMININAS EM AS VELHAS, DE LOURDES RAMALHO: QUANDO UM TEXTO DRAMATÚRGICO PERMANECE ATUAL

DUILIO PEREIRA DA CUNHA LIMA

Trata-se de uma reflexão sobre a relação entre autoria e obra a partir do texto dramatúrgico As Velhas, da escritora Lourdes Ramalho, neste artigo compreendido como “um fazer dentro da vida”, que serve de referência para que se discutam questões como a postura política e compromisso ético da referida dramaturga na representação de personagens pobres e oprimidas, ou, no âmbito da análise do texto, a abordagem de temáticas como a representação da mulher e o protagonismo feminino nesta obra teatral. Por fim, a pergunta sobre a perenidade ou envelhecimento de uma obra literária/dramatúrgica.

Veja o artigo completo: PDF