Resumo Trabalho

VÍTIMAS DO ÓDIO: DO PRECONCEITO À FATALIDADE, DOS DIREITOS FUNDAMENTAIS À URGÊNCIA DE POLÍTICAS PÚBLICAS.

Autor(es): WESLEY SILVA DOS SANTOS, KAIO EMANUEL DE SOUSA SILVA, VIRNA PIRES VILAR DE FREITAS, EDMILSON RODRIGUES DE SOUSA JUNIOR e orientado por DJAMIRO FERREIRA ACIPRESTE SOBRINHO

O trabalho tem como escopo discutir a questão dos homicídios em razão da orientação sexual e identidade de gênero da comunidade LGBTI e a humilhação dos corpos como uma das suas características marcantes, além de questionar sobre a viabilidade das políticas públicas a fim de que reduzam e alterem o quadro de descaso da referida comunidade e, para tanto, demonstrar através dos dados apresentados a urgência dos mesmos. Foram utilizadas as bases de dados online para a coleta dos números estatísticos e as pesquisas quantitativas e qualitativas já produzidas acerca da temática e notícias que relatassem casos para compor a discussão. O principal método usado no aludido trabalho foi o dedutivo que juntamente com o descritivo possibilitaram a explanação do tema. Percebeu-se, com a feitura do estudo que um dos grandes problemas enfrentados pelos LGBTI, em relação às possíveis políticas, é a discriminação recorrente no seio da sociedade e nos órgãos institucionalizados, ou seja, o sistema jurídico, politico e socioeconômico, esses últimos como os principais responsáveis pela promoção de fato das garantias fundamentais do individuo. A discussão conclusiva se deu de forma a analisar as estáticas e estudos já produzidos refletindo de forma crítica as medidas públicas como instrumento que sanasse essa problemática da efetivação dos direitos fundamentais e cidadania dos gays, lésbicas, travestis, transexuais, intersexuais e bissexuais e todos aqueles que estão fora do padrão tido como “normais” pela sociedade, e por isso, marginalizados, e que também promovesse a emancipação da comunidade.

Veja o artigo completo: PDF