Resumo Trabalho

A RESSUREIÇÃO DA SUBJETIVIDADE FEMININA NA FUGA DO CASAMENTO

DÉBORA LORENA LINS

Com o impulso dos movimentos voltados para minorias, a mulher tem ganhando destaque e voz dentro da sociedade, vindo a assumir responsabilidades e direitos equivalentes ao sexo masculino. A literatura enquanto veículo de voz e denuncia, apresenta a condição das mulheres, bem como sua transformação ao longo dos anos e dos contextos sociais em que elas estão inseridas, como o casamento, instituição que por muito tempo foi imposta ao sexo feminino como obrigação. Dessa forma, nos propomos a discutir neste trabalho, a transformação da personagem feminina Janice, mulher casada que abandona sua condição de esposa para viver o prazer da vida com um amante, na obra O coelho em crise (1971) do escritor norte-americano John Updike. Como subsídios para entender as questões voltadas para a mulher em sociedade, mais especificamente, dentro do matrimônio e a crítica feminista, nos embasamos em autores como Beauvoir (1967), Woolf (1996). Bonici (2007) e Zolin (2009). Trata-se de uma pesquisa bibliográfica que tem como objetivo contribuir nos estudos voltados à temática mulher e sociedade, com enfoque na instituição do casamento.

Veja o artigo completo: PDF