Resumo Trabalho

A INADAPTAÇÃO DO CORPO ENVELHECIDO DE SR.ª XAVIER E MARIA RITA: LABIRINTOS DE CLARICE LISPECTOR

EMILIA RAFAELLY SOARES SILVA

Em Onde estivestes de noite, publicada pela primeira vez em 1974, Clarice Lispector nos apresenta dezessete histórias que versam sobre Deus, vida, morte, velhice e loucura, dentre outros assuntos cruciais que permeiam a subjetividade humana. Nessa obra as aflições da alma são elaboradas de forma cômica em uma narrativa com movimento. A velhice é trabalhada em dois contos, a saber: “A procura de uma dignidade” e “A partida do trem”. Nessas narrativas, duas personagens femininas, Srª Xavier e Maria Rita, encontram-se com o desafio de lidar com a velhice e suas inexperiências e inseguranças diante da vida hostil. A vida dessas duas mulheres é entremeada por caminhos, “portas de saída”, que mais parecem labirintos em busca de uma adaptação ao mundo. O foco desse estudo bibliográfico é analisar como os corpos femininos envelhecidos são construídos e como delineiam as identidades das personagens, por meio de linguagem introspectiva clariceana que revela a subjetividade feminina. Para tal análise bibliográfica, utilizaremos as considerações de Xavier (1991), Cortázar (2006), Moisés (1969), Bataille (1987), Stepan (1994), Le Breton (2012 ; 2013), Jeudy (2002), Foucault (1996) e Beauvoir (1990).

Veja o artigo completo: PDF