Resumo Trabalho

PERCEPÇÕES DE IDOSOS RESIDENTES EM INSTITUIÇÕES DE LONGA PERMANÊNCIA PARA IDOSOS SOBRE A MORADIA NA INSTITUIÇÃO

ADRIANA GUIMARÃES RODRIGUES e orientado por ADRIANA GUIMARÃES RODRIGUES e orientado por ADRIANA GUIMARÃES RODRIGUES

A presente pesquisa aborda a temática da moradia de idosos em Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs), com o objetivo de identificar se eles concebem a ILPIs como sua residência e o que gostariam de modificar nela, bem como a relação dessas variáveis com a qualidade de vida (QV). Considerando que as ILPIs oferecem um espaço coletivo no qual os idosos devem dividir e conviver com pessoas desconhecidas, hipotetiza-se que morar em uma ILPIs pode ir contra a ideia de que a moradia simboliza um espaço de intimidade. Participaram da pesquisa nove idosos, quatro homens e cinco mulheres residentes em uma ILPIs no interior de Minas Gerais. A metodologia utilizada foi a pesquisa descritiva e foram utilizados entrevista semiestruturada, dinâmica para sensibilização dos idosos e o questionário que avalia a qualidade de vida dos idosos - WHOQOL-OLD - sendo os dados analisados de forma quanti-qualitativa. Foi possível identificar que existe relação entre a percepção que os idosos têm sobre a moradia na Instituição e sua qualidade de vida, bem como, entre a QV e a avaliação que estes fazem sobre a ILPIs. Cabe ressaltar a limitação da pesquisa devido à amostra pequena do estudo.

Veja o artigo completo: PDF