Resumo Trabalho

NÍVEL DE ATIVIDADE FÍSICA DE IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS E USUÁRIOS DOS CENTROS DIAS

DANIEL VICENTINI DE OLIVEIRA e orientado por CLÁUDIA REGINA CAVAGLIERI e orientado por CLÁUDIA REGINA CAVAGLIERI

O objetivo deste estudo foi investigar o nível de atividade física de idosos institucionalizados e idosos usuários dos centros dias do município de Maringá, Paraná. Trata-se de um estudo transversal, no qual a amostra foi escolhida por conveniência e de forma intencional, e constituída de 31 idosos (60 anos ou mais), de ambos os sexos, sendo 12 idosos usuários dos centros dia 19 idosos institucionalizados. Foram pesquisadas sete Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) e quatro Centros dia, totalizando 11 locais. Foram inclusos na pesquisa idosos com a marcha preservada com ou sem auxílio de dispositivo para a mesma (bengala, andador), e que estivessem devidamente cadastrados em um dos centros dia ou ILPI do município. Foram excluídos idosos diagnosticados com doenças neurodegenerativas com comprometimento cognitivo, como Doença de Alzheimer, e aqueles com possível déficit cognitivo, avaliado por meio do Mini Exame do Estado Mental (MEEM). O International Physical Activity Questionnaire (IPAQ), versão curta, foi utilizado para análise do nível de atividade física do indivíduo no dia a dia. Este instrumento avalia atividades físicas realizadas no tempo de lazer, como deslocamento de um lugar ao outro, serviços domésticos e atividades ocupacionais, divididas entre caminhadas por mais de 10 minutos contínuas, atividades físicas de intensidade moderada (frequência e tempo) e vigorosa (frequência e tempo). Para a análise dos dados, foi utilizado frequência e percentual para as variáveis categóricas. Para as variáveis numéricas, inicialmente foi verificada a normalidade dos dados por meio do teste de Shapiro-Wilk. Como os dados não apresentaram distribuição normal, foram utilizadas Mediana (Md) e Quartis (Q1; Q3) para a caracterização dos resultados. Na comparação do nível de atividade física entre os grupos, foi utilizado o teste “U” de Mann-Whitney. A significância adotada foi de p

Veja o artigo completo: PDF