Resumo Trabalho

ESTADO NUTRICIONAL DE PACIENTES IDOSOS ONCOLÓGICOS EM TRATAMENTO QUIMIOTERÁPICO AMBULATORIAL ATRAVÉS DA AVALIAÇÃO SUBJETIVA GLOBAL PRODUZIDA PELO PRÓPRIO PACIENTE

ELLEN MARIA CUSTODIO DOS SANTOS e orientado por ISABELA CATARINA LEÃO DA COSTA e orientado por ISABELA CATARINA LEÃO DA COSTA

O câncer é um processo caracterizado pelo crescimento desordenado celular, onde essas células possuem capacidade de invadir outros órgãos e tecidos. A Quimioterapia é um dos tratamentos mais utilizados no câncer, este pode levar a efeitos colaterais indesejados e consequentemente podendo comprometer o estado nutricional do paciente, levando a perda de peso corporal. Nesse sentindo, sabe-se que a identificação e manejo precoce de problemas nutricionais podem melhorar o prognóstico do paciente idoso oncológico. Para tal, a Avaliação Subjetiva Global Produzida pelo Paciente (ASG-PPP) é considerada o método preferencial para avaliação nutricional de pacientes oncológicos. Desta forma, o objetivo do trabalho foi descrever o estado nutricional de pacientes idosos oncológicos em tratamento quimioterápico por meio da ASG-PPP. Estudo transversal, realizado com pacientes em tratamento quimioterápico ambulatorial no período de fevereiro à agosto de 2016, em um hospital localizado em Recife-PE. A amostra foi composta por pacientes com diagnostico confirmado de câncer, de ambos sexos, com idade superior a 60 anos, que realizavam tratamento ambulatorial quimioterápico. Foram excluídos os pacientes incapazes de prestar informação e que estavam sem acompanhante no momento da abordagem. A avaliação do estado nutricional foi realizada no primeiro contato com o paciente, por meio da ASG-PPP. Os resultados foram analisados por meio dos programas Microsolft Excel, versão 2010 e Statistical Package for Social Sciences (SPSS), versão 21. Amostra composta por 59 pacientes, 43 (72,9%) do sexo feminino, com idade de média de 66,46 anos.Os tipos de tumores mais prevalentes no estudo eram de mama (44,1%), pulmão (15,3%), trato gastrointestinal (TGI) e próstata (13,6%). Para avaliar o risco de desnutrição, vários métodos de triagem podem ser utilizados em pacientes oncológicos, entretanto estudos mostram que a ASG-PPP é considerada padrão ouro para esta população.Nesse estudo, segundo a classificação da ASG-PPP 40,7% apresentaram desnutrição moderada e 15,3% desnutrição grave. A ASG-PPP é um método simples e prático, que auxilia uma rápida a avaliação do estado nutricional e por sua vez facilita a implementação de um suporte nutricional adequado para aqueles pacientes que estejam em risco nutricional. Verificou-se que a maioria dos pacientes apresentavam-se moderadamente ou gravemente desnutridos. Esses resultados reforçam a importância da avaliação nutricional precoce desses pacientes proporcionando um melhor manejo nutricional. A desnutrição é um fator a ser considerado no tratamento quimioterápico, sendo essencial maior atenção ao acompanhamento nutricional, objetivando reduzir efeitos adversos do tratamento.

Veja o artigo completo: PDF