Resumo Trabalho

INTERVENÇÃO COGNITIVA E NEUROMODULAÇÃO COMOESTRATÉGIAS TERAPÊUTICAS NA MEMÓRIA DE TRABALHO EMPACIENTES COM DOENÇA DE ALZHEIMER LEVE

CAMILA TERESA PONCE DE LEON MENDONÇA TAGLIAFERRO, EVELYN THAIS DE ALMEIDA RODRIGUES, MARIA JUSSARA DA SILVA , WANNICE PEREIRA XAVIER e orientado por NELSON TORRO ALVES e orientado por NELSON TORRO ALVES

A doença de Alzheimer (DA) é a demência mais prevalente no mundo e seu diagnóstico é clínico e multiprofissional. A maior parte dos pacientes no estágio inicial, referem dificuldades em recordar fatos recentes, alterações no humor e dificuldades na realização de algumas atividades da vida diária. Até o presente momento, não existe cura para a doença, mas há técnicas terapêuticas que podem auxiliar na estabilização desta. A farmacoterapia é a mais difundida entre os pacientes, todavia, quando associada a outras técnicas complementares, as respostas apresentadassão positivamente mais expressivas. Nesse contexto, a intervenção cognitiva (IC) e a estimulação transcraniana por corrente contínua (ETCC) têm se apresentado como ferramentas auxiliaresno processo de estabilizaçãodo quadro. Desta forma, a presente pesquisa teve como objetivo avaliar os efeitos adjuvantes da estimulação transcraniana por corrente contínua e a intervenção cognitiva sobre a memória de trabalho (MT) pacientes com Doença de Alzheimer em estágioinicial. Participaram 19 sujeitos que foram alocados aleatoriamente em 4 grupos: 1- ETCC ativa + Intervenção cognitiva; 2- ETCC sham + Intervenção cognitiva; 3- ETCC ativa + Intervenção cognitiva placebo; 4- ETCC sham + Intervenção cognitiva placebo. Os instrumentos utilizados para avaliação da MTforam, teste de Corsi, sequência de dígitos inverso e sequência de números e letras. A intervenção consistiu em 3 sessões semanais durante 2 meses, totalizando 24 sessões. Os resultados indicaram que de modo discreto, houve resposta significativa na MT, sugerindo que esta é uma ferramenta em potencial como terapia adjuvante frente a sintomas na Doença de Alzheimer

Veja o artigo completo: PDF