Resumo Trabalho

PROMOÇÃO DA SAÚDE DA PESSOA IDOSA EM UM CONTEXTO DE ENVELHECIMENTO POPULACIONAL: RELATO DE EXPERIÊNCIA

EDJA MAYRA FERREIRA DE CASTRO, MARIA LAURA MEDEIROS BLEINROTH, MAYSA LANNE VIEIRA DAMASCENO, THAISE MARQUES DA SILVA e orientado por LARISSA MELO COÊLHO BARROS e orientado por LARISSA MELO COÊLHO BARROS

Introdução: Atualmente, com o aumento da expectativa de vida, tem-se vivenciado um crescimento no número de idosos em escala global. Segundo o Ministério da Saúde (2013) com o aumento desta população já são percebidos efeitos nas demandas sociais assim como nas áreas de saúde e na previdência. Com isso, torna-se necessária a criação e o estudo de políticas que visem promover a saúde, prevenir doenças e proporcionar uma melhor qualidade de vida entre as pessoas idosas. O objetivo deste trabalho é relatar a experiência do II Fórum Multiprofissional sobre a Pessoa Idosa, realizado por um grupo de pesquisa da Universidade Federal de Alagoas, cujo foco é a promoção da saúde da população idosa. Metodologia: o II Fórum Multiprofissional sobre a Pessoa Idosa teve a participação de estudantes e profissionais dos mais diversos cursos da área da saúde e de humanas assim como cuidadores e idosos, a fim de promover uma melhor qualidade de vida a pessoa idosa através da ampliação do conhecimento sobre noções básicas de saúde e direitos da população idosa, apresentando medidas de prevenção e cuidado com a saúde do idoso. O evento ocorreu nos dias 27 e 28 de julho de 2017, no auditório Vera Rocha, localizado na ESENFAR – UFAL e teve como metodologias rodas de conversa e mesas redonda. Resultados: Durante uma das atividades do evento, a roda de conversa “Discutindo a violência contra a pessoa idosa”, debateu os tipos de violência, onde e quais se apresentam mais frequentes e que medidas tomar diante de situações como estas. Na mesa redonda “Autonomia e Independência da pessoa idosa”, foi enfatizado como esse tema tem se mostrado relevante, principalmente, por estar associado à promoção de saúde, aproximando-se do seu objetivo de uma melhoria na qualidade de vida destes sujeitos para que possam continuar participando ativamente em seus papéis sociais. Já a respeito do cuidado multiprofissional direcionado a pessoa idosa, viu-se que a multiprofissionalidade tem um papel significativo no desenvolvimento de ações que visem a promoção da saúde, em busca de um maior autocuidado, devendo sempre estimular a capacidade funcional do idoso, de maneira que este experiencie um processo de envelhecimento ativo saudável. Uma outra mesa redonda realizada no evento, “Gerontologia na perspectiva o conhecimento científico”, teve como foco a apresentação de grupos de pesquisa de algumas Instituições do Ensino Superior do Estado de Alagoas, onde ficou destacada a importância da existência desses projetos para a formação de profissionais conscientes e com olhar humanizado para a atenção ao idoso. Conclusão: É possível observar que o Fórum serviu como um momento formador e enriquecedor na constituição do cuidado à pessoa idosa.

Veja o artigo completo: PDF