Resumo Trabalho

INCIDÊNCIA DE TUBERCULOSE EM IDOSOS NO RIO GRANDE DO NORTE: 2015 A 2018.

NATALIA DE OLIVEIRA VIEGA, EMMILY SAYONARA FERNANDES DA COSTA e orientado por GABRIELA SOUZA DAMASIO GUEDES

A TUBERCULOSE (TB) É UMA EMERGÊNCIA MUNDIAL DECLARADA PELA ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE (OMS) DESDE 1993, É UMA DOENÇA INFECCIOSA, DE EVOLUÇÃO CRÔNICA, QUE COMPROMETE, PRINCIPALMENTE, OS PULMÕES. É TRANSMITIDA, PREDOMINANTEMENTE, POR VIA AÉREA, SENDO SEU AGENTE ETIOLÓGICO A BACTÉRIA MYCOBACTERIUM TUBERCULOSIS. É UM ESTUDO DO TIPO EPIDEMIOLÓGICO COM ABORDAGEM QUANTITATIVA QUE INVESTIGOU A INCIDÊNCIA DOS CASOS DE TUBERCULOSE EM ADULTOS COM IDADE MAIOR OU IGUAL A 60 ANOS, NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE NO PERÍODO DE 2015 A 2018. A ANÁLISE DAS INFORMAÇÕES OBTIDAS DEMONSTRA UM CRESCENTE AUMENTO NOS CASOS DE TUBERCULOSE NA POPULAÇÃO IDOSA, ESPECIALMENTE NA FAIXA ETÁRIA ENTRE 60 E 69 ANOS. OUTRO DADO IMPORTANTE REVELADO POR ESTE ESTUDO FOI A MAIOR TAXA DE INFECÇÃO POR TUBERCULOSE EM IDOSOS DO SEXO MASCULINO. ESTE DADO FOI SEMELHANTE AO ESTUDO DE CHAVES 2017, ONDE O SEXO MASCULINO CORRESPONDE A 64,2 % DO NÚMERO DE INFECTADOS POR TUBERCULOSE.

Veja o artigo completo: PDF