Resumo Trabalho

A SEXUALIDADE NA PESSOA IDOSA: COMO OS PROFISSIONAIS DE SAÚDE VIVENCIAM ESSE “TABU”

ANA BEATRIZ GOUVEIA DE ARAÚJO, JOYCE KELLY ARAÚJO DA SILVA, AGAMENON PAULINO TORRES BRASIL, MALENA APARECIDA DA SILVA e orientado por GISETTI CORINA GOMES BRANDÃO

O PROCESSO DE ENVELHECIMENTO ACONTECE DE FORMA NATURAL NO SER HUMANO, TRAZENDO CONSIGO MUDANÇAS NÃO APENAS BIOLÓGICAS, MAS TAMBÉM SOCIAIS E PSICOLÓGICAS, TRANSFORMANDO DESSA FORMA TODA A VIVÊNCIA DA PESSOA IDOSA. ESSAS ALTERAÇÕES VARIAM EM TODAS AS ÁREAS DA VIDA DO IDOSO, ALGUMAS MAIS COMPREENDIDAS PELA EQUIPE DE SAÚDE E FAMILIARES, JÁ OUTRAS VISTAS COMO “TABUS”, LEVANTANDO UMA BARREIRA DIFÍCIL DE SER DERRUBADA, INFLUENCIANDO A NÃO CONVERSAÇÃO ENTRE O IDOSO E AQUELES QUE ESTÃO A SUA VOLTA, DENTRE ESSAS ÁREAS, ESTAR À SEXUALIDADE. NESSE SENTIDO ESTA REVISÃO TEM POR OBJETIVO DESCREVER A VIVÊNCIA DOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE, PRINCIPALMENTE A ENFERMAGEM, QUANDO SE REFERE À SEXUALIDADE NA PESSOA IDOSA. TRATA-SE DE UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA, DESCRITIVA COM ABORDAGEM QUALITATIVA, REALIZADA NO MÊS DE MAIO DE 2019. O LEVANTAMENTO FOI FEITO NAS BASES DE DADOS: BDENF, LILACS E MEDLINE. É NECESSÁRIO QUE A EQUIPE DE SAÚDE, BUSQUE ESTRATÉGIAS QUE RESULTEM NA FORMAÇÃO DE VÍNCULOS E CONSEQUENTEMENTE POSSA HAVER CONVERSAÇÃO ENTRE PROFISSIONAIS, FAMILIARES E PACIENTES, A EDUCAÇÃO EM SAÚDE É UMA DAS PRINCIPAIS OPÇÕES PARA SER UTILIZADA NESSA TEMÁTICA, POSSIBILITANDO A CONSTRUÇÃO DE CONCEITOS, ALÉM DE FAZER DA PESSOA IDOSA E DE SEUS COMPANHEIROS PROTAGONISTAS DO PROCESSO, POSSIBILITANDO A LIBERDADE DO IDOSO PARA VIVENCIAR SUA SEXUALIDADE SEPARADA DOS “TABUS” IMPOSTOS PELA SOCIEDADE. SENDO ASSIM, O PROFISSIONAL DE SAÚDE NECESSITA DESENVOLVER ATIVIDADES E AÇÕES QUE POSSIBILITEM O DESENVOLVIMENTO DO PROCESSO DE ENVELHECIMENTO EM CONJUNTO COM A SEXUALIDADE.

Veja o artigo completo: PDF