Resumo Trabalho

ATUAÇÃO FISIOTERAPÊUTICA EM MULHERES NA FASE DE CLIMATÉRIO COM FRAQUEZA DE ASSOALHO PÉLVICO.

GABRIEL DE FRANÇA TAVARES e orientado por JANICE SOUZA MARQUES

O CORPO DA MULHER PASSA POR DIFERENTES FASES DURANTE SUA VIDA, UMA DELAS É O CLIMATÉRIO, POUCO FALADO, PORÉM, MUITO IMPORTANTE DEVIDO ÀS SUAS MUDANÇAS NO CORPO FEMININO. A FISIOTERAPIA TEM SUA IMPORTÂNCIA NESSE MEIO AO TRATAR DOS PROBLEMAS MUSCULARES E FÍSICOS CAUSADOS PELA DIMINUIÇÃO DE HORMÔNIOS IMPORTANTES PARA O CORPO DA MULHER. UM DESSES PROBLEMAS É A FRAQUEZA DE ASSOALHO PÉLVICO, SENDO ELE UM IMPORTANTE GRUPO MUSCULAR, A SUA DISFUNCIONALIDADE ACARRETA SÉRIOS PROBLEMAS PARA OS SISTEMAS DIGESTIVOS E URINÁRIOS. DIANTE DESSA PROBLEMÁTICA, ESTE TRABALHO TEM O OBJETIVO DE CATEGORIZAR E INFORMAR AS FORMAS MAIS RELEVANTES E USUAIS DA ATUAÇÃO DA FISIOTERAPIA NA FASE DO CLIMATÉRIO. O REFERIDO ESTUDO É UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA SISTEMÁTICA, BASEADO NAS BASES DE DADOS MAIS FAMOSAS, SCIELO, LILACS E MEDLINE. OS RESULTADOS OBTIDOS PUDERAM MOSTRAR AS QUATRO FORMAS MAIS USUAIS DE TRABALHAR O FORTALECIMENTO DO ASSOALHO PÉLVICO, SENDO ELES A ELETROESTIMULAÇÃO, MÉTODO PILATES, EXERCÍCIOS DE KEGEL E CINESIOTERAPIA. TODAS ESSAS FORMAS DE TRATAMENTO TÊM SIM SUA RELEVÂNCIA E MOSTRARAM RESULTADOS POSITIVOS NOS ESTUDOS AQUI CITADOS. NO ENTANTO A CINESIOTERAPIA SE MOSTROU A MAIS EFICAZ ENTRE TODAS AS OUTRAS FORMAS ANTERIORES.

Veja o artigo completo: PDF