Resumo Trabalho

ASSISTÊNCIA E CUIDADO À PACIENTE IDOSO EM UTI: RELATO DE EXPERIÊNCIA

BRUNA LIGIA DE CARVALHO ALVES, CINTHIA DANIELE DA SILVA BEZERRA, BRUNA RODRIGUES MONTEIRO, PRISCILLA PÂMELA ALEXANDRE DA SILVA e orientado por NILBA LIMA DE SOUZA

OS DADOS EPIDEMIOLÓGICOS TÊM REGISTRADO PROFUNDAS MODIFICAÇÕES DA ESTRUTURA POPULACIONAL NO MUNDO, INCLUSIVE O BRASIL. OBSERVA-SE NO PERFIL DA POPULAÇÃO UMA CARACTERÍSTICA PREDOMINANTE, EM UM PASSADO NÃO TÃO DISTANTE, EM RELAÇÃO A UM CONTINGENTE CADA VEZ MAIS SIGNIFICATIVO DE PESSOAS COM 60 ANOS OU MAIS DE IDADE. AS INTERNAÇÕES DE IDOSOS NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA SÃO UMA FACETA DESSA MUDANÇA NA ESTRUTURA DA PIRÂMIDE ETÁRIA. ASSIM, A ENFERMAGEM NECESSITA SEMPRE PRODUZIR CONHECIMENTOS QUE APRIMOREM OS CUIDADOS JUNTO AOS IDOSOS. NESTE CENÁRIO, ESTE ESTUDO TEVE COMO OBJETIVO RELATAR A EXPERIÊNCIA DE ENFERMAGEM NA ELABORAÇÃO DO PLANO ASSISTENCIAL AO IDOSO PORTADOR DOENÇA RENAL CRÔNICA, DIABETES MELLITUS E CÂNCER DE PRÓSTATA INTERNADO NUMA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA. PARA ELABORAÇÃO DO PLANO ASSISTENCIAL DE ENFERMAGEM, AS DISCENTES ADOTARAM O PROCESSO DE ENFERMAGEM, SENDO REALIZADO O HISTÓRICO DIANTE DO ACOMPANHAMENTO E REGISTRO DAS INFORMAÇÕES DO PACIENTE DURANTE O PERÍODO DE INTERNAMENTO, OS DIAGNÓSTICOS DE ENFERMAGEM CORRESPONDENTE A SITUAÇÃO APRESENTADA, PLANEJAMENTO, INTERVENÇÃO E AVALIAÇÃO DA ASSISTÊNCIA PRESTADA. A EXPERIÊNCIA VIVENCIADA POSSIBILITOU COMPREENDER QUE A ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM EM UMA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA, BASEADA EM UM PLANO DE CUIDADOS DIRECIONADO O ATENDIMENTO DE FORMA QUALIFICADA, PRINCIPALMENTE QUANTO ESTE PÚBLICO É REPRESENTADO PELO IDOSO, FAIXA ETÁRIA QUE APRESENTA PECULIARIDADE ESPECÍFICAS, MEDIANTE TODO O CONTEXTO SOCIAL.

Veja o artigo completo: PDF