Resumo Trabalho

AUTOESTIMA NOS IDOSOS: RELATO DE EXPERIÊNCIA NA UATI

LAIANE DA SILVA SANTANA, LAIS PINHEIRO DE BRITO, MILENA SANTANA GUIMARAES e orientado por PRICILA OLIVEIRA DE ARAÚJO e orientado por PRICILA OLIVEIRA DE ARAÚJO

Introdução e objetivos: No Brasil, assim como em diversos países em desenvolvimento está ocorrendo uma transformação epidemiológica e demográfica da população. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2050, um quinto da população será de idosos. Com a velhice, ocorrem perdas psicológicas e afetivas podendo ou não ocorrer perdas da capacidade funcional e estéticas que podem contribuir para uma baixa autoestima nesta população.O objetivo deste trabalho é relatar as experiências vividas na Oficina Saúde no Envelhecer, da Universidade Aberta a Terceira Idade. Metodologia: Trata-se de um relato de experiência de caráter extensionista sobre a autoestima e os cuidados com a saúde dos idosos, temática trabalhada na Oficina Saúde do Envelhecer, da Universidade Aberta à Terceira Idade, com 13 participantes idosos na proporção de 12 mulheres para um homem, realizada em março de 2017. A metodologia para se trabalhar essa temática da Universidade Aberta a Terceira Idade, ocorreu de forma dinâmica contando com indagações no início da aula para provocar reflexões sobre a importância da autoestima e como ela pode prevenir algumas doenças. Partindo desse pressuposto foi lido um poema chamado Aquarelas de Marcel Reynalt e foi utilizado o projetor para a apresentação de um vídeo motivacional para facilitar o entendimento dos idosos. Iniciamos o assunto com demonstrações de afeto coletivo, através de abraços, refletindo sobre a importância do contato com o próximo e como um gesto de carinho pode gerar bem estar para o outro, estimulando a produção de endorfina que é o hormônio relacionado ao prazer. Em seguida utilizamos o conhecimento científico acerca dos cuidados que devemos ter para prover de um envelhecimento saudável explicando o conceito ampliado de saúde e finalizando a aula com uma dinâmica. Discussão de resultados: A atividade desenvolvida contribuiu para que os idosos percebessem a necessidade de melhorar a forma como eles se enxergavam e como iam fazer para elevar a sua autoestima, como por exemplo: gostar mais de si, não deixar ninguém os diminuir e sempre lembrar que os idosos têm qualidades e que devem ser valorizadas. Conclusão: Esse tema foi essencial para a troca de experiências, aprimoramento do conhecimento sobre a saúde e para que haja mudança de hábitos inadequados, além de melhorar a autoestima.

Veja o artigo completo: PDF