Resumo Trabalho

DOENÇAS CRÔNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS E NEOPLASIAS NA TERCEIRA IDADE: UMA REVISÃO INTEGRATIVA

HORRANA LAIS DANTAS DIAS, EMILLY LAÍS RAMALHO DOS SANTOS COSTA, SABRINA PEREIRA GERMANO e orientado por GLAUCIA VERÍSSIMO FAHEINA MARTINS

O ENVELHECIMENTO DA POPULAÇÃO MUNDIAL TEM SE TORNADO EVIDENTE, PRINCIPALMENTE EM DECORRÊNCIA DA REDUÇÃO DA NATALIDADE, DA MORTALIDADE E DO AUMENTO DA LONGEVIDADE, RESULTANTES DE AVANÇOS EM INÚMEROS FATORES DE CUIDADOS EM SAÚDE. SENDO ASSIM, O OBJETIVO DESSE ESTUDO TEM POR FINALIDADE IDENTIFICAR QUAIS DOENÇAS PATOLÓGICAS, CRÔNICAS E NEOPLASIAS MALIGNAS QUE MAIS ACOMETEM A POPULAÇÃO IDOSA E ANALISAR A RELAÇÃO ENTRE TAIS DOENÇAS IDENTIFICADAS COM O ENVELHECIMENTO HUMANO, POR MEIO DE UMA REVISÃO INTEGRATIVA COM PERIÓDICOS PUBLICADOS NO PERÍODO DE 2014 A 2019. DE ACORDO COM A BASE DE DADOS ENCONTRADA, JUSTIFICA A IDADE COMO SENDO UM GRANDE FATOR DE RISCO PARA DESENCADEAR NEOPLASIAS E DOENÇAS CRÔNICAS DEGENERATIVAS. AS DOENÇAS MAIS ACOMETIDAS NA TERCEIRA IDADE SÃO: NO HOMEM, CÂNCER DE PELE, PRÓSTATA, PULMÃO, ESTÔMAGO E CÓLON; NA MULHER, CÂNCER DE MAMA, PELE, COLO DO ÚTERO, CÓLON, ESTÔMAGO E PULMÃO, ALÉM DAS LEUCEMIAS E LINFOMAS EM AMBOS OS SEXOS. ASSIM, PODEMOS ENFATIZAR A NECESSIDADE DE ATENÇÃO À POPULAÇÃO IDOSA DEVIDO A SUA MAIOR SUSCETIBILIDADE EM ADQUIRIR PATOLOGIAS DEGENERATIVAS COMO O CÂNCER. POR ISSO É IMPORTANTE DISSEMINAR O INTERESSE DOS PESQUISADORES NESSA ÁREA DA SAÚDE, ALÉM DO QUE O CÂNCER É UMA DAS PRINCIPAIS CAUSAS DA MORTALIDADE E MORBIDADE EM IDOSOS.

Veja o artigo completo: PDF