Resumo Trabalho

A SOBRECARGA DOS CUIDADORES DE IDOSOS E SUA INFLUÊNCIA NA AGRESSÃO AOS PORTADORES DE ALZHEIMER.

ALANNA THEREZA DE FARIAS CARVALHO, RICARDO CASSIANO DA SILVA NASCIMENTO e orientado por WEZILA GONÇALVES DO NASCIMENTO

A ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE DEFINE VIOLÊNCIA CONTRA O IDOSO COMO UM ATO ÚNICO OU REPETITIVO OU MESMO A OMISSÃO, PODENDO SER INTENCIONAL OU INVOLUNTÁRIA, QUE CAUSE DANOS, SOFRIMENTO OU ANGÚSTIA. COM O AVANÇAR DO ALZHEIMER, HÁ O AUMENTO DA SOBRECARGA DE CUIDADOS, SABE-SE QUE PARA OS CUIDADORES, TRATA-SE DE UMA ROTINA DESGASTANTE, QUE ENVOLVE UM ESTADO DE DEPENDÊNCIA TOTAL OU PARCIAL DO IDOSO, DEPENDENDO DO ESTÁGIO DA DOENÇA, QUE NÃO PODE SER MOTIVO PARA MAUS-TRATOS. PARA TANTO É NECESSÁRIA UMA DEMANDA DE PACIÊNCIA, AMOR, CONHECIMENTO, CAPACITAÇÃO TÉCNICA E UMA BOA SAÚDE MENTAL PARA LIDAR COM AS MUDANÇAS E ALTERAÇÕES CAUSADAS PELA DOENÇA. O AUMENTO DA EXPECTATIVA DE VIDA POPULACIONAL, E, CONSEQUENTEMENTE, O AUMENTO DA POPULAÇÃO IDOSA É ATUALMENTE UM FENÔMENO MUNDIAL. COM O AVANÇAR DA DOENÇA DE ALZHEIMER (DA), OS FAMILIARES SÃO OBRIGADOS A ABANDONAR SUAS ROTINAS, QUE INCLUEM TRABALHO, ESTUDO E VIDA SOCIAL NA MAIORIA DAS VEZES, COM ISSO SURGE A NECESSIDADE DE UM CUIDADOR PROFISSIONAL. A PRINCIPAL CARACTERÍSTICA DO PORTADOR DE DA É A CONSTANTE E CRESCENTE DEMANDA POR SUPERVISÃO, FATOR ESSE QUE LEVA O DESGASTE FÍSICO E EMOCIONAL DO PROFISSIONAL. A VIOLÊNCIA CONTRA O IDOSO NEM SEMPRE SE MANIFESTA FISICAMENTE. HÁ FORMAS APARENTEMENTE MAIS SUTIS, PORÉM IGUALMENTE DESTRUTIVAS, COMO A VIOLÊNCIA PSICOLÓGICA, FINANCEIRA E MESMO A NEGLIGÊNCIA DE CUIDADOS. OS SINTOMAS FÍSICOS MAIS COMUNS SÃO: HIPERTENSÃO ARTERIAL, DESORDENS DIGESTIVAS, DOENÇAS RESPIRATÓRIAS E PROPENSÃO A INFECÇÕES. SINTOMAS PSICOLÓGICOS FREQUENTES SÃO: DEPRESSÃO, ANSIEDADE E INSÔNIA (ENGELHARDT ET AL., 2005). E PODEM SER CAUSADOS POR MEMBRO DA FAMÍLIA, CUIDADOR OU ATÉ MESMO POR PESSOAS PRÓXIMAS DELE.

Veja o artigo completo: PDF