Resumo Trabalho

ATIVIDADE DE EXTENSÃO COMO PROPOSTA PARA A PROMOÇÃO DO ENVELHECIMENTO SAUDÁVEL

MILENA SANTANA GUIMARAES, LAIS PINHEIRO DE BRITO, LAIANE DA SILVA SANTANA e orientado por PRICILA OLIVEIRA DE ARAÚJO e orientado por PRICILA OLIVEIRA DE ARAÚJO

Introdução: Nos últimos anos, o Brasil vem apresentando um novo padrão demográfico que se caracteriza pela redução da taxa de crescimento populacional, com um significativo aumento do contingente de idosos. Sabe-se também que a população idosa, devido ao processo fisiológico do envelhecimento, está sujeita a alta prevalência de doenças crônicas, tornando imprescindível o desenvolvimento de ações que visem à melhoria da qualidade de vida dos idosos e à promoção da saúde na terceira idade. Grande parte dessas ações são realizadas no âmbito da extensão universitária, em Programas como a Universidade Aberta à Terceira Idade (UATI). Nesse sentido, o presente trabalho tem por objetivo descrever as ações de promoção do envelhecimento saudável, desenvolvidas na oficina Saúde no Envelhecer, do Programa UATI. Metodologia: Trata-se de um relato de experiência, desenvolvido a partir de atividades realizadas na Oficina Saúde no Envelhecer, da UATI, na Universidade Estadual de Feira de Santana. Resultados: A oficina se caracteriza como uma atividade importante para o processo de envelhecimento saudável, pois promove ações que envolvem a promoção da saúde dos idosos e favorece a autonomia, a autoestima e o fortalecimento de vínculos afetivos, através da interação com o grupo. O conhecimento adquirido acerca das doenças e dos temas debatidos foi de grande valia para os participantes, ao promover a qualidade de vida da pessoa idosa. O desenvolvimento da ação extensionista contribuiu para aumentar o vínculo entre a universidade e a comunidade, a partir da realização de atividades de atenção à Saúde do Idoso. Conclusão: A extensão proporcionou um crescimento mútuo, que se evidencia pela possibilidade de contribuir para a promoção da saúde dos idosos, através da educação em saúde.

Veja o artigo completo: PDF