Resumo Trabalho

CORRELAÇÃO ENTRE QUALIDADE DE VIDA A PARTIR DO QUESTIONÁRIO SF-36 E APTIDÃO FÍSICA FUNCIONAL ATRAVÉS DO TAFI APLICADO PARA IDOSOS FISICAMENTE ATIVOS DE UM PROJETO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIO

MARIA DE FATIMA OLIVEIRA SANTOS , MICHELLY ARRUDA ALENCAR e orientado por NAERTON JOSÉ XAVIER ISIDORO

A APTIDÃO FÍSICA FUNCIONAL É A CAPACIDADE PARA EXECUTAR ATIVIDADES DA VIDA DIÁRIA DE FORMA SEGURA E AUTÔNOMA. LOGO A APTIDÃO FÍSICA TAMBÉM SE MOSTRA UMA DAS CONDIÇÕES BÁSICAS PARA MANUTENÇÃO DE BOAS CONDIÇÕES DE SAÚDE, ELA PODE SER ADQUIRIDA COM A PRÁTICA DOS EXERCÍCIOS REGULARES. PORTANTO, A QUALIDADE DE VIDA TAMBÉM ESTÁ RELACIONADA COM EXPERIÊNCIAS E VALORES INDIVIDUAIS E COLETIVOS, COMO A BUSCA DE CONFORTO E BEM-ESTAR, VARIANDO COM A ÉPOCA, VALORES, ESPAÇOS E HISTÓRIAS DIFERENTES. O OBJETIVO DESSE ESTUDO É CORRELACIONAR QUALIDADE DE VIDA A PARTIR DO QUESTIONÁRIO SF36 E APTIDÃO FÍSICA FUNCIONAL ATRAVÉS DO TAFI APLICADO PARA IDOSOS FISICAMENTE ATIVOS DE UM PROJETO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIO. TRATA-SE DE UM ESTUDO TRANSVERSAL, DE NATUREZA QUANTITATIVA, DESCRITIVO-EXPLORATÓRIO, REALIZADO COM IDOSAS REGULARMENTE MATRICULADAS EM UM PROGRAMA DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA PARA A TERCEIRA IDADE. AO CORRELACIONAR OS TESTES DO TAFI COM OS 8 DOMÍNIOS DO QUESTIONÁRIO SF-36 FORAM OBSERVADOS NOS VALORES OBTIDOS SEGUNDO A TABELA DE SANTOS (2007) CORRELAÇÕES ÍNFIMAS POSITIVAS (14) 19%, FRACAS POSITIVAS (18) 25%, ÍNFIMAS NEGATIVAS (12) 17% E FRACAS NEGATIVAS (28) 39%. A PRÁTICA DE ATIVIDADE FÍSICA, ALÉM DE ESTIMULAR UMA BOA QUALIDADE DE VIDA, CONTRIBUI DE MANEIRA CONSIDERÁVEL PARA OS CUIDADOS COM A APTIDÃO FÍSICA DO IDOSO, SEJA NA SUA VERTENTE DA SAÚDE COMO TAMBÉM NAS CAPACIDADES FUNCIONAIS. SUGERE-SE QUE NOVOS ESTUDOS SEJAM INVESTIGADOS NESSA PERSPECTIVA.

Veja o artigo completo: PDF