Resumo Trabalho

IDENTIFICAÇÃO DO PADRÃO DE MARCHA DE IDOSOS ATRAVÉS DO SINAL DE ACELEROMETRIA BASEADO EM REDES NEURAIS ARTIFICIAIS

JERUSA P R LARA, JOHN JAIRO VILLAREJO MAYOR, ANA CAROLINA PASSOS DE OLIVEIRA e orientado por ANDRÉ L.F. RODACKI e orientado por ANDRÉ L.F. RODACKI

O declínio das capacidades das capacidades motoras ao longo do envelhecimento propicia a uma população idosa com diversas limitações funcionais. Dentre elas, a capacidade de locomoção, por estar associada ao risco de queda, tem sido objetivo de diversos estudos e trabalhos. O objetivo do trabalho foi apresentar um conjunto de processos de análises para identificação dos instantes e fases da marcha de idosos usando a acelerometria e aplicação de redes neurais. Foram analisados 380 ciclos de marcha de jovem e idoso. Dois acelerômetros triaxiais DELSYS (148Hz) foram fixados nos maléolos laterais direito e esquerdo dos sujeitos analisados. O acelerômetro foi sincronizado com a passarela instrumentada Proto Kinect Zeno Walkway (120 Hz.).O estudo foi divido em três etapas: a) Identificação dos instantes e fases de marcha utilizando Redes Neurais (RN) e b) Comparação da marcha de sujeitos jovem e idoso usando o sinal de aceleração. A exatidão global na detecção das fases de marcha foi de 98,1% usando RN. Através do sinal de aceleração, foi possível detectar alterações nos parâmetros espaço-temporais da marcha de idoso comparado ao sujeito jovem. O conjunto de processos utilizados mostrou-se promissor para analises de dados coletados em ambiente real, permitindo entender as alterações da marcha que muitas vezes levam a quedas dessa população.

Veja o artigo completo: PDF