Resumo Trabalho

LITERATURA DE CORDEL NA EDUCAÇÃO EM SAÚDE PARA PREVENÇÃO DE QUEDAS EM IDOSOS HOSPITALIZADOS

ANNE KAROLINE CANDIDO ARAÚJO, ISABELLA KILIA MACEDO SILVA, MARIANNA DAYENNE BATISTA DE PAIVA, ANNE HELOYSE RIBEIRO FERREIRA e orientado por VERA LÚCIA MORAIS DA SILVA

O EMPREGO DA LITERATURA DE CORDEL COMO FORMA DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE É BASTANTE VANTAJOSO. COM AS ALTERAÇÕES E MODIFICAÇÕES DO ENVELHECIMENTO, O IDOSO ENCONTRA-SE MAIS SUSCEPTÍVEL À QUEDA, QUE É CONSIDERADA COMO UM IMPORTANTE PROBLEMA DE SAÚDE PÚBLICA. ESTE ESTUDO OBJETIVA RELATAR A EXPERIÊNCIA DA CONSTRUÇÃO DE UMA CARTILHA EDUCATIVA QUE ABORDA A LITERATURA DE CORDEL COMO UMA FORMA DE MINIMIZAR ESTE PROBLEMA DE SAÚDE PÚBLICA E O SEU USO NO AMBIENTE HOSPITALAR COMO FERRAMENTA PARA A PREVENÇÃO DESTE EVENTO COMUM NO COTIDIANO DA POPULAÇÃO IDOSA. TRATA-SE DE UM RELATO DE EXPERIÊNCIA QUE DESCREVE COMO FOI CONSTRUÍDA UMA CARTILHA EDUCATIVA EM FORMA DE LITERATURA DE CORDEL PARA QUE POR MEIO DA LEITURA DESTA, OS FAMILIARES, PROFISSIONAIS DA SAÚDE E OS PACIENTES TIVESSEM CONHECIMENTO SOBRE O PROCESSO DE HOSPITALIZAÇÃO E OS RISCOS QUE TRAZEM COM DESTAQUE PARA O RISCO DE QUEDA. A CRIAÇÃO DA CARTILHA COM USO DA LITERATURA DE CORDEL E AS ATIVIDADES RELACIONADAS POSSIBILITOU CONHECER, CONVIVER E IDENTIFICAR OS RISCOS MAIS COMUNS NO PROCESSO DE HOSPITALIZAÇÃO E INTERVIR DE FORMA INOVADORA COM A CRIAÇÃO DA CARTILHA QUE PERMITIU MAIOR INTEGRAÇÃO COM PROFISSIONAIS, PACIENTES E OS ESTUDANTES DO PROJETO.

Veja o artigo completo: PDF