Resumo Trabalho

ENVELHENCENDO COM QUALIDADE DE VIDA EM UM AMBIENTE HUMANIZADO

DENISE DA SILVA GONÇALVES, LUANA SEVERO DOS SANTOS, ANGELY CALDAS GOMES e orientado por GABRIELA MELO DE ANDRADE

AS INSTITUIÇÕES DE LONGA PERMANÊNCIA PARA IDOSOS (ILPI’S) SE APRESENTAM COMO ALTERNATIVA DE CUIDADOS AO PÚBLICO IDOSO. NESSES ESPAÇOS PERCEBE-SE AS LIMITAÇÕES FUNCIONAIS EM DECORRÊNCIA DO PROCESSO DE ENVELHECIMENTO SÃO CADA VEZ MAIS PRESENTES E ACARRETAM A PERDA NA QUALIDADE DE VIDA. A FISIOTERAPIA VISA ALCANÇAR A MELHORA DA AUTONOMIA E INDEPENDÊNCIA DO IDOSO INSTITUCIONALIZADO. DESSA FORMA, ESSE TRABALHO TEM COMO APONTAR A CONTRIBUIÇÃO DA FISIOTERAPIA NO PROCESSO DE ENVELHECER COM QUALIDADE DE VIDA DOS IDOSOS NO ÂMBITO DE DUAS ILPI’S NO MUNÍCIPIO DE CABEDELO- PB, CONTEMPLADAS PELAS AÇÕES DE UM PROJETO DE EXTENSÃO DO CURSO DE FISIOTERAPIA DO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DA PARAÍBA – IESP, QUE TEM COMO ALVO PRINCIPAL MELHORA DA QUALIDADE DE VIDA E CAPACIDADE FUNCIONAL DOS IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS. OS ENCONTROS ACONTECERAM SEMANALMENTE ENTRE OUTUBRO DE 2018 A MAIO DE 2019, COM O DESENVOLVIMENTO DE ATIVIDADES COLETIVAS QUE ENVOLVIAM A REALIZAÇÃO DE EXERCÍCIOS DE ALONGAMENTOS GLOBAIS, PROPRIOCEPÇÃO, COORDENAÇÃO MOTORA, MOBILIDADE ARTICULAR, FORÇA MUSCULAR E TÉCNICAS DE RELAXAMENTO. DESSA FORMA, PERCEBE-SE OS BENEFÍCIOS QUE AS ATIVIDADES TROUXERAM NA DA QUALIDADE DE VIDA, COM A MANUTENÇÃO E/OU MELHORA DA INDEPENDÊNCIA E DA CAPACIDADE FUNCIONAL DOS IDOSOS PARA AS ATIVIDADES DE VIDA DIÁRIA (AVD’S), BEM COMO NA CONSTRUÇÃO DE UM AMBIENTE MAIS HUMANIZADO.

Veja o artigo completo: PDF