Resumo Trabalho

INFLUÊNCIA DO USO DE VENTILAÇÃO MECÂNICA INVASIVA SOBRE A TAXA DE MORTALIDADE DE IDOSOS COM DOENÇA RENAL CRÔNICA

KARLA SILVA SOUTO, GUSTAVO CARRIJO BARBOSA, LEANDRA APARECIDA LEAL, MARCELA RAMOS CRUCIOLI e orientado por PATRÍCIA LEÃO DA SILVA AGOSTINHO e orientado por PATRÍCIA LEÃO DA SILVA AGOSTINHO

A doença renal crônica (DRC) vem apresentando um aumento em sua incidência, devido à crescente incidência de diabetes, hipertensão arterial e outras doenças e agravos não transmissíveis que estão associadas ao desenvolvimento da disfunção dos rins. A DRC é caracterizada por anormalidades estruturais dos rins que podem levar à redução da função renal. É uma doença progressiva, debilitante e irreversível, acomete todos os grupos raciais e étnicos, apresenta altas taxas de morbimortalidade, elevada incidência e é declarada como um problema de saúde pública mundial. Com o aumento do envelhecimento populacional, a maior expectativa de vida está acompanhada de maior incidência de doenças crônicas não transmissíveis, isto contribui para uma maior ocorrência de DRC em idosos, o que está associada à maior necessidade de utilização de serviços hospitalares e consequentemente de internações em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Portanto, o presente estudo tem como objetivo avaliar a taxa de mortalidade de idosos com DRC internados na UTI e identificar a influência do uso de VMI sobre a mesma. Trata-se de um estudo retrospectivo longitudinal em base de dados física. A amostra foi constituída por pacientes adultos com DRC, que foram admitidos na UTI do Centro Médico de Saúde Dr. Serafim de Carvalho na cidade de Jataí-GO, no período compreendido entre 2011 a 2015, e que permaneceram por mais de vinte e quatro horas na UTI. Os dados da pesquisa foram obtidos nos prontuários dos pacientes com DRC, onde as variáveis coletadas foram: sexo, idade, tempo e duração da ventilação mecânica, dias em tratamento dialítico, tempo de internação na UTI e desfecho do paciente na UTI. A análise estatística foi realizada com auxílio do software SPSS versão 20.0. A normalidade dos dados foi verificada através do Teste de Kolmogorov-Smirnov. Os valores estão apresentados em média (X) ± desvio padrão (DP). Para a análise de correlação foi utilizado o teste de correlação de Spearman. O nível de significância foi fixado em p

Veja o artigo completo: PDF