Resumo Trabalho

A IMPORTÂNCIA DA ESCUTA TERAPÊUTICA COMO FERRAMENTA DA EDUCAÇÃO POPULAR EM SAÚDE

CINDY NOGUEIRA MOURA e orientado por LUCINEIDE ALVES VIEIRA BRAGA

A EDUCAÇÃO POPULAR EM SAÚDE (EPS) SURGE COMO UM PROCESSO EM QUE PROFISSIONAIS DE SAÚDE OU ATÉ MESMO ESTUDANTES REPRODUZEM DE UMA FORMA MAIS PRÁTICA E ACESSÍVEL PARA POPULAÇÃO MEDIDAS PREVENTIVAS E DE DESENVOLVIMENTO DA AUTONOMIA DO INDIVÍDUO. NESSE CONTEXTO, A ESCUTA TERAPÊUTICA APRESENTA-SE COMO FERRAMENTA PRIMORDIAL NA ESTRATÉGIA DE COMUNICAÇÃO, POSSUINDO FINALIDADE DE COMPREENSÃO DO INDIVÍDUO E CRIAÇÃO DE VÍNCULO, DIMINUINDO ASSIM A ANGÚSTIA, VISTO QUE PERPASSA PELO SENTIDO DE ESCUTA DO OUTRO. OBJETIVOU-SE DESCREVER EXPERIÊNCIAS OBTIDAS ATRAVÉS DAS VISITAS DOMICILIARES REALIZADAS PELO PROJETO SAÚDE NA COMUNIDADE E ABORDAR A IMPORTÂNCIA DA ESCUTA TERAPÊUTICA COMO FERRAMENTA DA EPS. TRATA-SE DE UM RELATO DE EXPERIÊNCIA OBTIDO ATRAVÉS DAS VIVÊNCIAS DO PROJETO SAÚDE NA COMUNIDADE, NO PERÍODO COMPREENDIDO ENTRE AGOSTO DE 2017 A MAIO DE 2019. CONCLUI-SE QUE A ESCUTA TERAPÊUTICA POSSUI PAPEL PRIMORDIAL COMO FERRAMENTA EMPREGADA NA EPS, PRINCIPALMENTE EM IDOSOS, VISTO QUE O EMPREGO DESSA MODALIDADE POSSIBILITA TORNAR OS INDIVÍDUOS INDEPENDENTES E PROTAGONISTAS DE SEU CUIDADO, CULMINANDO COM A MELHORIA DA SUA QUALIDADE DE VIDA. APESAR DO RECONHECIDO VALOR TERAPÊUTICO DA ESCUTA, NOTA-SE UMA ESCASSEZ DE ESTUDOS PRIMÁRIOS SOBRE O TEMA. ASSIM, TORNA-SE IMPRESCINDÍVEL O ESFORÇO DA COMUNIDADE CIENTÍFICA NA PRODUÇÃO DE ESTUDOS SOBRE A TEMÁTICA, FOMENTANDO UM MAIOR APORTE DE CONHECIMENTO SOBRE A ESCUTA TERAPÊUTICA COMO ESTRATÉGIA DE EDUCAÇÃO POPULAR EM SAÚDE.

Veja o artigo completo: PDF