Resumo Trabalho

AS DIFICULDADES DE CIRCULAÇÃO EM ÁREAS DE LAZER DE CAMPINA GRANDE-PB

MARIANA COSTA SEVERO, ALEX BORBA LIRA DANTAS, MARIA LUIZA RODRIGUES SILVA, PAULA MONISE MARTINS DE MELO e orientado por RAYSSA DE LOURDES CARVALHO MARINHO DO RÊGO

O ESTUDO EM ANÁLISE, ABORDA QUESTÕES SOCIAIS E ECONÔMICAS VOLTADAS A ACESSIBILIDADE URBANA DOS IDOSOS E DEFICIENTES FÍSICOS, ENGLOBANDO ASSIM TODA UMA CLASSE DE PESSOAS COM A MOBILIDADE REDUZIDA. O ESTUDO TEM COMO OBJETIVO AVALIAR SE OS EQUIPAMENTOS DE CIRCULAÇÃO DE ÁREAS DE LAZER DE CAMPINA GRANDE/PB ESTÃO DE ACORDO COM A NBR 9050/2015. FORAM AVALIADOS DOIS AMBIENTES DE LAZER, SENDO UM SHOPPING CENTER E UM PARQUE PARA ATIVIDADES DE LAZER, QUE POSSUEM ADMINISTRAÇÃO PRIVADA E PÚBLICA, RESPECTIVAMENTE. COMO RESULTADOS, DESTACOU-SE QUE TANTO NO SETOR PÚBLICO QUANTO NO PRIVADO EXISTEM INEFICIÊNCIAS NO CUMPRIMENTO DA NORMA DE ACESSIBILIDADE, COMO INCLINAÇÕES ELEVADAS; AUSÊNCIA DE CORRIMÃOS; ENTRE OUTRAS IRREGULARIDADES QUE SÃO IDENTIFICADAS NA MAIOR PARTE DAS RAMPAS E ESCADAS. TODAVIA, OS EQUIPAMENTOS DE ACESSIBILIDADE NO SETOR PRIVADO SÃO APRESENTADOS EM MELHOR ESTADO, SENDO MAIS CONFORTÁVEIS E SEGUROS AO USO COMPARANDO COM O SETOR PÚBLICO, JÁ QUE HÁ UMA MAIOR FREQUÊNCIA DE MANUTENÇÃO E ZELO. COM ISSO, OBSERVA-SE QUE O DESPREPARO DO PLANEJAMENTO URBANO DA CIDADE, AFETA NÃO APENAS QUESTÕES DE ÂMBITO SOCIAL, MAS TAMBÉM DE ESFERA ECONÔMICA, UMA VEZ QUE A CIDADE DE CAMPINA GRANDE É VISTA COMO UMA CIDADE TURÍSTICA E RECEBE CERCA DE 2,5 MILHÕES DE PESSOAS DURANTE O PERÍODO DE FESTAS JUNINAS.

Veja o artigo completo: PDF