Resumo Trabalho

A ÁRVORE DA VIDA COMO ELEMENTO POTENCIAL NO PLANEJAMENTO DO CUIDADO À PESSOA IDOSA

HÉRYKA HIRLA DA SILVA DANTAS, JACIMARA MARIA DE MEDEIROS SOUZA, REGILENE ALVES PORTELA e orientado por ANA LÚCIA DE FRANÇA MEDEIROS

INTRODUÇÃO: AS PESSOAS IDOSAS APRESENTAM UM CAPITAL BIOGRÁFICO SIGNIFICATIVO, RESULTANTE DO ACÚMULO DE SUAS EXPERIÊNCIAS DE VIDA, CARACTERIZADA COMO HISTÓRIAS EXCLUSIVAS AS QUAIS CONTRIBUEM PARA A CONSTRUÇÃO DA SUA IDENTIDADE E INDIVIDUALIDADE. CONHECER AS HISTÓRIAS VIVIDAS POSSIBILITA AOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE COMPREENDEREM AS PREFERÊNCIAS E ATIVIDADES DOS IDOSOS, MANTENDO-OS CONECTADOS A UM PASSADO PLENO E SIGNIFICATIVO, RESULTANTE DOS PAPÉIS DESEMPENHADOS AO LONGO DA VIDA, MELHORANDO A AUTOESTIMA E INFLUENCIANDO DE FORMA POSITIVA O ESTADO DE SAÚDE DOS IDOSOS E O PROCESSO CUIDATIVO DOS PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM. OBJETIVO: RELATAR A VIVÊNCIA DE ESTUDANTES COM OS EVENTOS SIGNIFICATIVOS QUE MARCARAM A VIDA DAS PESSOAS IDOSAS. METODOLOGIA: O RELATO DE EXPERIÊNCIA É RESULTANTE DE UMA ATIVIDADE DESENVOLVIDA COM 23 IDOSOS, QUE PARTICIPARAM DE UMA AÇÃO COM OS DISCENTES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DA UERN, CAMPUS CAICÓ, SENDO ESTIMULADOS A RELATAR FATOS MARCANTES DAS SUAS VIDAS ATRAVÉS DA CONSTRUÇÃO DA “ARVORE DA VIDA”, RESULTADOS E DISCUSSÃO: RESSALTA-SE ENTRE OS EPISÓDIOS: AS DIFICULDADES DA INFÂNCIA, NO ACOMPANHAMENTO DO TRABALHO DOS PAIS COMO TROPEIROS. AS FASES DE NAMORO, CASAMENTO, NASCIMENTO DOS FILHOS E NETOS, A VIUVEZ, E A FASE DE TRANSIÇÃO ATUAL. CONCLUSÃO: A INTERAÇÃO ENTRE OS PARTICIPANTES REPRESENTOU UM APRENDIZADO SIGNIFICATIVO, ESTIMULANDO AS REMINISCÊNCIAS E O RESGATE DAS EXPERIÊNCIAS DE VIDA, OPORTUNIZANDO O DIÁLOGO E O DESENVOLVIMENTO DE EMPATIA E RESPEITO, ÚTEIS PARA O PLANEJAMENTO DO CUIDADO DE ENFERMAGEM.

Veja o artigo completo: PDF