Resumo Trabalho

A INFLUÊNCIA DA ATIVIDADE FÍSICA NA MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA DE IDOSAS PARTICIPANTES DO PROJETO GINÁSTICA NA TERCEIRA IDADE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO MAURICIO DE NASSAU-CAMPINA GRANDE

TIAGO SILVA SOUSA, ANDERSON GOMES PORTO, JOERIKA BATISTA CIQUEIRA, WHYARA KAROLINE ALMEIDA DA COSTA e orientado por KELLY CRISTINA ALVES ARAÚJO

ENTENDE-SE POR QUALIDADE DE VIDA O CONCEITO DE UM BEM ESTAR FÍSICO, SOCIAL E MENTAL QUE TAMBÉM PODE ABRANGER EM DIVERSOS OUTROS FATORES COMO, POR EXEMPLO, A AUTOESTIMA, AS RELAÇÕES SOCIAIS COM A FAMÍLIA OU PESSOAS QUE CONVIVEM NO DIA A DIA DE CADA INDIVÍDUO, A SATISFAÇÃO COM SEU PRÓPRIO EU. TEVE COMO PRINCIPAL OBJETIVO AVALIAR A PERCEPÇÃO DOS IDOSOS PARTICIPANTES DO PROJETO DE GINÁSTICA NA TERCEIRA IDADE SOBRE A QUALIDADE DE VIDA E A AUTONOMIA. A PESQUISA CARACTERIZADA COMO UM ESTUDO DE CAMPO, UTILIZOU COMO PRINCIPAL INSTRUMENTO UMA VERSÃO ADAPTADA DO QUESTIONÁRIO PRODUZIDO PELA ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE (WHOQOL-100) EM QUE VERSÃO EM PORTUGUÊS SOBRE AUTONOMIA E QUALIDADE DE VIDA ALÉM DE OUTROS TEMAS CORRELATOS. A ANÁLISE DAS REFERIDAS QUESTÕES FOI DESCRITIVA. AS NORMALMENTE. COM ISSO, PERCEBEMOS QUE O PROJETO DE GINÁSTICA DA TERCEIRA IDADE OFERTADO PELO CENTRO UNIVERSITÁRIO MAURÍCIO DE NASSAU CONSEGUE APRIMORAR A PERCEPÇÃO DAS IDOSAS EM RELAÇÃO A UMA QUALIDADE DE VIDA SATISFATÓRIA E, CONSEQUENTEMENTE, PROPORCIONA AS PARTICIPANTES AUTONOMIA PARA REALIZAR TAREFAS DIVERSAS EM SEU COTIDIANO.

Veja o artigo completo: PDF