Resumo Trabalho

A CULTURA DE AUTOMEDICAÇÃO EM IDOSOS E SEUS RISCOS A SAÚDE: UMA REVISÃO INTEGRATIVA

RENATA DE OLIVEIRA SANTOS, VANUZA MENDONÇA DA SILVA, AMANDA GAIÃO LIMA e orientado por DENISE CRISTINA FERREIRA

A AUTOMEDICAÇÃO TEM SIDO OBJETO DE MUITAS PESQUISAS E ASSUME ATUALMENTE UMA IMPORTÂNCIA AINDA MAIOR QUANDO É DIRECIONADA AOS IDOSOS, POIS GERALMENTE REPRESENTAM UM GRUPO VULNERÁVEL AO ACESSO E A IDEIA DO AUTOMEDICADO. ESTE ESTUDO TEVE COMO OBJETIVO ANALISAR A PRÁTICA DE AUTOMEDICAÇÃO É UMA PRÁTICA COMUM NA POPULAÇÃO QUE CHEGA A SER MAIOR EM IDOSOS, UMA FORMA DE AUTOCUIDADO. O PRESENTE ARTIGO FOI DESENVOLVIDO A PARTIR DE UMA ABORDAGEM QUALITATIVA DE CARÁTER DESCRITIVO E EXPLORATÓRIO POR MEIO DE UMA REVISÃO INTEGRATIVA. PARA O DESENVOLVIMENTO DESTE ARTIGO BUSCAMOS ANALISAR FONTES DE PUBLICAÇÕES NACIONAIS COM TEMAS RELACIONADOS A PRATICA DE AUTOMEDICAÇÃO EM IDOSOS POR MEIO DA LITERATURA ESPECIALIZADA INCLUINDO REVISTAS E ARTIGOS CIENTÍFICOS. ATRAVÉS DO PORTAL DA BIBLIOTECA VIRTUAL DE SAÚDE (BVS), QUE POSSUI SITES COMO: SCIELO, LILACS, MEDLINE E ENTRE OUTROS A PARTIR DOS DESCRITORES: SAÚDE DO IDOSO, E FATORES DE RISCOS EM AUTOMEDICAÇÃO. DE ACORDO COM OS OBJETIVOS PROPOSTOS INICIALMENTE NESTE ESTUDO, ABORDAREMOS OS RESULTADOS E DISCUSSÃO DA PESQUISA REALIZADA. O ENVELHECIMENTO TRAZ CONSIGO ALTERAÇÕES FISIOLÓGICAS DEVIDO A MUDANÇAS EM ÓRGÃOS E TECIDOS QUE CAUSAM DOENÇAS DEGENERATIVAS E CRÔNICAS. PORTANTO, CONCLUI-SE QUE A AUTOMEDICAÇÃO É UM PROBLEMA DE SAÚDE PÚBLICA, VISTO QUE O USO DE FÁRMACOS SEM ASSISTÊNCIA PROFISSIONAL PODE AGRAVAR A SAÚDE VULNERÁVEL DO IDOSO, SENDO ASSIM, O ACOMPANHAMENTO COM A EDUCAÇÃO CONTÍNUA EM SAÚDE É NECESSÁRIA PARA A MANUTENÇÃO DA VIDA DO PACIENTE.

Veja o artigo completo: PDF