Resumo Trabalho

ESTRATÉGIA EDUCATIVA REALIZADA COM CUIDADORES PARA PREVENÇÃO DE QUEDAS EM IDOSOS EM USO DE BENZODIAZEPÍNICOS

SARAH LÍDIA FONTELES LUCENA, ANDRESSA ELLEN BARROSO TEIXEIRA, DAISY TERESINHA REIS COUTINHO e orientado por MARIA CÉLIA DE FREITAS

OBJETIVOU-SE RELATAR A ATIVIDADE DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE COM CUIDADORES DE IDOSOS MEDICADOS COM BENZODIAZEPÍNICOS PARA PREVENÇÃO DE QUEDAS. TRATA-SE DE UMA PESQUISA-AÇÃO QUE OCORREU EM UMA ILPI DA CIDADE DE FORTALEZA-CE, NO PERÍODO DE ABRIL A JULHO DE 2017. PARTICIPARAM DO ESTUDO 23 CUIDADORES FORAM INCLUÍDOS OS CUIDADORES DE IDOSOS COM DEPENDÊNCIAS (GRAU I E II). PARA COLETA DE DADOS, REALIZARAM-SE OFICINAS COMO ESTRATÉGIA DIDÁTICA, COM BASE NO REFERENCIAL DE PAULO FREIRE. ORGANIZARAM-SE, ENTÃO, CINCO ENCONTROS; QUATRO OFICINAS E UMA AVALIAÇÃO FINAL. O PROJETO FOI APROVADO PELO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ SOB O Nº 660.058, DE MARÇO DE 2014. AS OFICINAS EDUCATIVAS POSSIBILITARAM AOS CUIDADORES REALIZAREM A AUTOANÁLISE DE SUAS PRÁTICAS. BUSCOU-SE A TRANSFORMAÇÃO DOS DADOS BRUTOS PARA A COMPREENSÃO DAS RESPOSTAS DADAS. AS FALAS DOS PARTICIPANTES FORAM ORGANIZADAS NAS SEGUINTES TEMÁTICAS: PREVENIR QUEDAS NOS IDOSOS MEDICADOS COM BENZODIAZEPÍNICOS EVITA SOBRECARGA DE TRABALHO PARA TODA À EQUIPE; A ATENÇÃO AO IDOSO MEDICADO COM BENZODIAZEPÍNICO PREVINE COMPLICAÇÕES SEVERAS PARA ELE. PERCEBEU-SE QUE A CADA ENCONTRO OS PRÓPRIOS CUIDADORES IDENTIFICAVAM AS FRAGILIDADES E LACUNAS NO CUIDADO PRESTADO. AS OFICINAS FAVORECERAM TROCA DE CONHECIMENTOS E DISCUSSÕES SOBRE OS PROBLEMAS EXISTENTES EM RELAÇÃO AO USO DE MEDICAMENTOS, PRINCIPALMENTE OS BENZODIAZEPÍNICOS.

Veja o artigo completo: PDF