Resumo Trabalho

ESTUDO DA VIOLÊNCIA EM IDOSOS: REVISÃO SISTEMÁTICA

HELENA MARTA ALVES NUNES, JESSICA CRISTHYANNE PEIXOTO NASCIMENTO, LUAN GABRIEL DE ARAÚJO, RODRIGO ASSIS NEVES DANTAS e orientado por DANIELE VIEIRA DANTAS e orientado por DANIELE VIEIRA DANTAS

Objetivo: identificar, nas publicações cientificas, aspectos relacionados à violência contra idosos. Metodologia: Trata-se de uma revisão sistemática da literatura. Para a feitura do estudo foi realizado uma pesquisa bibliográfica nas seguintes fontes de dados: Scientific Eletronic Library Online (SciELO), Medical Literature Analysis and Retrieval System Online (MEDLINE), Base de Dados de Enfermagem (BDENF) por meio da Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), Web of Science, SciVerse Scopus (Scopus), Cumulative Index to Nursing and Allied Health (CINAHL) e Public Medline (PubMed), através do portal de periódicos Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Utilizaram-se os descritores “idoso”, “violência” e “Assistência ambulatorial”, através do operador booleano AND. Foram achados 150 artigos sobre o tema e selecionados nove, os quais respondiam aos critérios de busca da pesquisa. Resultados: analisaram-se 9 artigos os quais atendiam ao objetivo da pesquisa e neles foram abordados temáticas tocantes a características do grupo de idosos agredidos, que foram: sexo feminino, idade entre 60 e 99 anos, casados e viúvos e com renda familiar oriunda da aposentadoria ou pensão, sendo não economicamente ativos. O tipo de violência predominante foi a psicológica seguida da física, de roubo e abuso econômico; além de como a saúde enfrenta esse novo desafio. Conclusão: os aspectos relacionados a violência em idosos destacados nas publicações foram perfil sociodemográfico dos agredidos, os tipos de violências mais prevalentes já denunciadas, as condutas e desafios enfrentados pelos profissionais de saúde e os tipos de agressões atendidas em um serviço de urgência do país.

Veja o artigo completo: PDF