Resumo Trabalho

HÁBITOS DE SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA DE IDOSOS USUÁRIOS DA ATENÇÃO PRIMÁRIA

BRUNA STEPHANIE SOUSA MALAQUIAS, MARIANA CAMPOS DE SOUSA, LILIAM ROSANY MEDEIROS FONSECA, TAMIRES GOMES DOS SANTOS e orientado por ÁLVARO DA SILVA SANTOS e orientado por ÁLVARO DA SILVA SANTOS

Objetivo: conhecer o perfil de QV de idosos da Atenção Primária de uma cidade do interior de Minas Gerais. Método: estudo descritivo, quantitativo e transversal, realizado com 238 idosos atendidos na Atenção Primária, por meio de entrevistas, com aplicação do questionários sociodemográfico e de hábitos de saúde, e dos instrumentos WHOQOL-OLD e WHOQOL-BREF, foram empregados testes de tendência central, variabilidade e frequências. Resultados: O estudo foi composto em sua maioria por idosos do sexo feminino, de baixa renda e escolaridade, com idade prevalente entre 60 e 69 anos. Apresentaram bom padrão médio geral de percepção da qualidade de vida, apresentando melhores médias no domínio psicológico e faceta intimidade, e pior média no domínio ambiente e faceta participação social. Conclusão: Conhecer a percepção de qualidade de vida e os hábitos de saúde de idosos da atenção primária, e como esses se influenciam, possibilita ao profissional atuante o desenvolvimento de estratégias direcionadas as reais necessidades da população, repercutindo em menor procura dos demais níveis de saúde, resultando em desafogamento do sistema, bem como na criação de políticas que atendam as atuais carências vivenciadas.

Veja o artigo completo: PDF