Resumo Trabalho

MORTALIDADE EM IDOSOS POR COMPLICAÇÕES DA INFLUENZA

EMMILY SAYONARA FERNANDES DA COSTA, NATALIA DE OLIVEIRA VIEGA, RAFAEL MOREIRA DO NASCIMENTO, ANA KATHERINE ROMERO FERREIRA e orientado por MARINA MARISA PALHANO DOS SANTOS

A GRIPE OU INFLUENZA É UMA INFECÇÃO AGUDA QUE AFETA O SISTEMA RESPIRATÓRIO CAUSADA PELO VÍRUS INFLUENZA, QUE POSSUI UMA ALTA CAPACIDADE DE TRANSMISSIBILIDADE E MORTALIDADE. OS IDOSOS COMPÕEM O GRUPO DE RISCO NO QUAL A INFECÇÃO TEM MAIOR PROBABILIDADE DE COMPLICAÇÕES, PODENDO LEVAR A ÓBITO. O OBJETIVO DESTE TRABALHO FOI IDENTIFICAR E COMPARAR O NÚMERO DE ÓBITOS OCORRIDOS EM IDOSOS POR COMPLICAÇÕES DA INFECÇÃO PELO VÍRUS INFLUENZA DE 2018 E 2019. TRATA-SE DE UM ESTUDO DESCRITIVO DE ABORDAGEM QUANTITATIVA, UTILIZOU OS DADOS SECUNDÁRIOS DE UMA FONTE PÚBLICA, LOGO, ANALISOU-SE OS BOLETINS EPIDEMIOLÓGICOS DA SECRETARIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE DA SEMANA EPIDEMIOLÓGICA 11 A 17 DE 2018 E 2019. OBSERVOU-SE NESTA PESQUISA QUE NO ANO DE 2018 HOUVE, NAS SEMANAS EPIDEMIOLÓGICAS 15, 16 E 17, CERCA DE 384 ÓBITOS, SENDO 146 EM IDOSOS, CONTUDO, A PREVALÊNCIA FOI MAIOR NAS SEMANAS 11, 13 E 12, RESPECTIVAMENTE. JÁ NO ANO DE 2019 FORAM NOTIFICADOS 474 ÓBITOS, DOS QUAIS 111 FORAM EM IDOSOS, A MAIOR PREVALÊNCIA FOI ENCONTRADA NAS SEMANAS 16 E 17. OS DADOS DESSA PESQUISA MOSTRAM GRANDE RELEVÂNCIA PARA APRIMORAR A IMPLEMENTAÇÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE. AS CAMPANHAS DE VACINAÇÃO, COMO UMA DAS POLÍTICAS, CONTINUA SENDO A ESTRATÉGIA MAIS EFICAZ PARA PREVENIR COMPLICAÇÕES E MORTES ASSOCIADAS AO VÍRUS. VISTO QUE ESSA POPULAÇÃO SOFRE UM GRANDE IMPACTO TENDO EM CONTA A BAIXA ADESÃO VACINAL.

Veja o artigo completo: PDF