Resumo Trabalho

A VOZ DA PESSOA IDOSA: RELATO DE EXPERIÊNCIA SOBRE O GRUPO ESTAÇÃO DAS FLORES DO SCFV NO CRAS MUTIRÃO DO MUNICÍPIO DE SERRA TALHADA-PE

FLÁVIA PEREIRA DE SÁ, EDILENE LOPES DE PÁDUA , EDVANIA DE SOUZA CAVALCANTE MELO, MARIANA DOS SANTOS SILVA e orientado por JOSENILDO ANDRÉ BARBOZA e orientado por JOSENILDO ANDRÉ BARBOZA

Este artigo trata-se de um relato de experiência sobre um trabalho desenvolvido com um grupo de idosos/as Estação das Flores. O objetivo deste trabalho foi analisar o impacto das ações socioeducativas no processo de envelhecimento para os/as idosos/as participantes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) do Município de Serra Talhada/PE. O trabalho foi desenvolvido no mês de agosto de 2017, sendo utilizado um roteiro semiestruturado elaborado pelos/as pesquisadores/as, contendo 11 perguntas, junto ao universo de 08 pessoas de 20 dos/as idosos/as participantes do grupo. A análise e interpretação dos dados coletados foram realizadas a partir da pesquisa qualitativa. A pesquisa revela o perfil dos/as entrevistados/as, a maioria é do sexo feminino, a renda é proveniente pelo recebimento do benefício previdenciário aposentadoria, residem em imóveis próprios e possui baixa escolaridade. Outra questão pontada foi em relação ao Serviço ofertado, este proporcionou o fortalecimento de relações afetivas, empoderamento, protagonismo, sentimento de valorização, sentimento de pertencimento e identidade, fortalecimento vínculos e incentivar a socialização e a convivência comunitária, prevenindo situações de vulnerabilidade social, assim como preconiza a Tipificação Nacional de Serviços Socioassistenciais. Como principais conclusões do estudo, infere-se que, para os/as idosos/as a participação no grupo significa uma forma de voltar para o convívio social, pois na maioria das vezes, quando envelhecem, enfrentam graves problemas no núcleo familiar e comunitário. Espera-se que este estudo desperte no Poder Público a ampliação de atividades socioeducativas no grupo citado, reconhecendo a Pessoa Idosa como uma das prioridades, tornando-os ativos e protagonistas da sua história de vida.

Veja o artigo completo: PDF