Resumo Trabalho

A ENFERMAGEM COMO RECURSO DEMOCRÁTICO NO PROCESSO DE SOCIALIZAÇÃO EM UM GRUPO DE IDOSOS NA ATENÇÃO BÁSICA: RELATO DE EXPERIÊNCIA

MANOELA JOSEANE DOS SANTOS, MONTEIRO PIRES BASTOS JUNIOR, CHARLES MAURÍCIO BARROS DOS SANTOS e orientado por LÍGIA FERNANDA PASSOS BEZERRA SANTOS e orientado por LÍGIA FERNANDA PASSOS BEZERRA SANTOS

INTRODUÇÃO: Segundo a OMS, o Brasil possui índices que crescem gradativamente quando se refere à população idosa, dessa maneira esses dados aumentam as preocupações perante as assistências de saúde e socialização desse grupo, pois atualmente existe uma deficiência no que se refere à inclusão social democrática. OBJETIVOS: Relatar experiências durante o período de estágio supervisionado em uma Unidade Básica de Saúde (UBS) observando a importância da enfermagem no papel integrador em um grupo de idosos. METODOLOGIA: De aporte bibliográfico e qualitativa do tipo relato de experiência, realizado entre fevereiro e junho de 2017 na UBS José Tenório de Albuquerque Lins, bairro da Serraria em Maceió, Alagoas. A Unidade Básica de Saúde possui um grupo de idosos denominado “Raio de luz” que é composto por 20 idosos, com encontros quinzenais. RESULTADOS E DISCUSSÃO: No primeiro encontro houve a apresentação dos estudantes do curso de enfermagem junto a preceptora enfermeira e assistente social da unidade de saúde, os alunos levaram uma proposta de “quebra gelo”, para ocorrer uma dinamização e aproximar a relação entre os acadêmicos e o grupo de idosos. Ocorreu da seguinte forma: foram escritas perguntas pessoais em pedaços de papéis, por exemplo: Qual é a sua qualidade?; qual é o seu defeito?; qual é sua comida predileta?; o que você não gosta de comer?; o que você mais gosta de fazer?; o que você não gosta de fazer?; do que você sente saudade?; o que é importante para você?. O segundo momento foi marcado pela roda de conversa, que foi desenvolvido da seguinte maneira: antes da chega dos idosos houve a colagem de um papel com um tema específico embaixo de algumas cadeiras, a partir disso eles se acomodaram inconsciente do que havia de acontecer. Ao iniciar, revelamos que em algumas cadeiras possuía um papel com temas específicos, como: “Violência contra mulher”; “gravidez na adolescência”; “aborto” e “viver consciente”. Para o terceiro encontro, foi organizada uma ação em homenagem aos idosos com a presença de vários profissionais de saúde como: psicólogo, massoterapeutas, maquiadoras, cabeleireira e educador físico, através disso foram confeccionados convites e distribuídos a todos pacientes da UBS. CONCLUSÕES: Sendo assim, é importante que a enfermagem mantenha um papel ativo na unidade de saúde, pois a população idosa necessita ser reintegrada no meio social, por predisposição a adoecer, bem como serem excluídos socialmente.

Veja o artigo completo: PDF