Resumo Trabalho

AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE FUNCIONAL DE IDOSOS HIPERTENSOS: RELATO DE EXPERIÊNCIA

VIVIANY DE SOUSA ARAUJO, DENES BRUNO GOMES OLIVEIRA, LÍVIA JORDÂNIA ANJOS RAMOS DE CARVALHO, FERNANDA MOURA BORGES e orientado por ANA ZAIRA DA SILVA e orientado por ANA ZAIRA DA SILVA

Com o crescimento mundial da população idosa, a preocupação em relação à capacidade funcional vem surgindo como novo destaque para a estimativa da saúde desse segmento etário. Esse aumento gera maior probabilidade de ocorrência de doenças crônicas e, com isso, o desenvolvimento de incapacidades associadas ao envelhecimento. A capacidade funcional pode ser definida como o potencial que os idosos apresentam para decidir e atuar em suas vidas de forma independente, no seu cotidiano. Trata-se de um estudo descritivo, com abordagem qualitativa, do tipo relato de experiência que tem por finalidade descrever a experiência obtida em visitas domiciliares para avaliação da capacidade funcional de idosos hipertensos atendidos na atenção primária, em Picos-PI. A maioria dos idosos foi classificado como funcionalmente capazes para Atividades de Vida Diária (AVD). Muitos tinham ajuda de terceiros, como filhos, irmãs ou cônjugue. Por intermédio das visitas domiciliares realizadas tornou-se possível aos discentes o conhecimento da realidade social da área pesquisada, a demanda e assistência em saúde, e a importância do papel do enfermeiro na promoção de um envelhecimento saudável.

Veja o artigo completo: PDF