Resumo Trabalho

AÇÕES EDUCATIVAS RELACIONADAS AO ENVELHECIMENTO SAUDÁVEL A PESSOA IDOSA NA ATENÇÃO PRIMÁRIA: RELATO DE EXPERIÊNCIA

MONTEIRO PIRES BASTOS JUNIOR, MARIA IVERLANIA DO NASCIMENTO SILVA , CHARLES MAURÍCIO BARROS DOS SANTOS, MANOELA JOSEANE DOS SANTOS e orientado por LAÍSE GABRIELLY MATIAS DE LIMA SANTOS e orientado por LAÍSE GABRIELLY MATIAS DE LIMA SANTOS

INTRODUÇÃO: As ações educativas estabelecem-se como estratégias de ensino-aprendizagem desenvolvidas junto à população com a finalidade de debater e promover a tomada de decisão em relação às atitudes práticas de saúde para a melhoria da qualidade de vida. Nesta perspectiva, uma ação educativa voltada para o idoso deve promover educação em saúde e estimula-lo nesta tomada de decisão. Para isso, a ação precisa ser articulada de maneira que se torne atrativa, comunicativa, participativa e interativa e tende a melhorar sua autoestima e cuidar mais de sua própria saúde. METODOLOGIA: De aporte bibliográfico e qualitativo do tipo relato de experiência, o cenário é a UBS José Tenório de Albuquerque Lins, localizada no bairro da Serraria em Maceió, Alagoas. Os dados foram coletados no período de Fevereiro a Junho de 2017. RESULTADOS E DISCUSSÃO: Para a composição deste trabalho foram utilizadas três ações educativas relacionadas ao envelhecimento saudável para idosos na Unidade Básica de Saúde. Atividade 1: Sala de espera e roda de conversa: a importância da alimentação saudável. Na atividade foi levado um café da manhã saudável com frutas, sucos e alimentos ricos em vitaminas e sais minerais. Durante a atividade realizamos educação em saúde sobre o conceito de vitaminas, de sais minerais, proteínas e como é necessária uma alimentação regrada para a saúde e como também a importância de uma alimentação hipossódica, com baixa quantidade de gordura e açucares para diminuir os riscos da obesidade, diabetes e hipertensão. Atividade 2: Dinâmica mitos x verdades: o que o idoso sabe sobre atividade física e sedentarismo? Na dinâmica fizemos 10 perguntas sobre atividade física, e entregamos a cada paciente duas placas uma com o nome: mito e outra com o nome: verdade. A cada pergunta eles levantavam as placas conforme acreditavam serem as respostas corretas. Ao fim da dinâmica foi realizado um debate para esclarecer as dúvidas, além do mais, explanamos a importância da atividade física durante o dia a dia e o conceito de sedentarismo e seus malefícios para a terceira idade. Atividade 3: Ludicidade para a terceira idade: envelhecimento ativo e o bem-estar social e emocional. A finalidade deste tema é que os idosos estão propensos ao isolamento social com a família e a comunidade, e muitos preferem estar sozinhos e todos esses comportamentos aumentam as chances desse individuo desenvolver depressão, estresse ou outros problemas mentais e comportamentais. Nessa atividade, foi realizada uma panfletagem na Unidade Básica e no fim juntamos um grupo de idosos e fizemos uma paródia de uma música. CONCLUSÕES: Esse estudo demostrou o quando as atividades na Atenção Primária são importantes para a prevenção, o autocuidado e a educação em saúde e o quando a comunidade aceita e participa de atividades educativas quando estas são planejadas com o intuito de melhorar a qualidade de vida da população. Em relação ao idoso, tais ações são essenciais para a politica nacional de saúde do idoso, pois se trata de um público que merece ser assistido com maior cuidado já que são acometidos pelo processo do envelhecimento.

Veja o artigo completo: PDF