Resumo Trabalho

ALTERAÇÕES PNEUMOFUNCIONAIS INERENTES A DOENÇA DE PARKINSON

ANDERSON SANTOS FRAGA, TAYSA VANNOSKA DE ALMEIDA SILVA, CARLA CABRAL DOS SANTOS ACCIOLY LINS e orientado por MARIA DAS GRAÇAS WANDERLEY DE SALES CORIOLANO e orientado por MARIA DAS GRAÇAS WANDERLEY DE SALES CORIOLANO

Introdução. A Doença de Parkinson (DP) é neurodegenerativa e progressiva. Cuja com evolução da doença, os sinais e sintomas fisicos levam à varios comprometimentos que resutam em um declinio do estado funcional. Alem disso, uma serie de problemas secundarios que exacerba os sintomas primarios foi identificada, as alterações respiratórias normalmente são descritas nos ultimos estágios da DP e são a causa significativa de mortalidade. Essas alterações geralmente permanecem despercebidas no início da doença Objetivo. Verificar as repercussões dos parâmetros pneumofuncionais em todos os estágios da doença de Parkinson. Método. Estudo de corte transversal realizado em pacientes com DP num serviço de referência em Recife. Aprovado pelo comitê de ética da UFPE com CAAE: 49958315.2.0000.5208. Para avaliação da função pulmonar foi utilizado o espirômetro e para força muscular foi utilizado o manuvacuômetro. Peso, altura e idade também foram coletados. Para análise estatística foi utilizado ANOVA, post hoc Teste T (LSD), Teste T e Correlação de Pearson e as análises da magnitude das correlações foram baseadas na classificação de Dancey considerando P

Veja o artigo completo: PDF