Resumo Trabalho

ATUAÇÃO DO FISIOTERAPEUTA EM UMA INSTITUIÇÃO DE LONGA PERMANÊNCIA PARA IDOSOS: RELATO DE EXPERIÊNCIA DE UMA ILPI NO INTERIOR DE PERNAMBUCO

FÁBIA MARIA DE SANTANA, MARIANA DOS SANTOS SILVA, IARA ALVES DINIZ

A capacidade funcional, especialmente a dimensão motora, é um dos importantes marcadores de um envelhecimento bem sucedido e da qualidade de vida dos idosos. A perda dessa capacidade está associada à predição da fragilidade, dependência e da institucionalização. Dessa forma, o objetivo desse trabalho foi descrever a experiência da atuação do fisioterapeuta em uma instituição de longa permanência para idosos. Trata-se de um relato de experiência vivenciado pela fisioterapeuta que atua em uma instituição de longa permanência para idosos no município de Serra Talhada-PE, acerca das ações realizadas pertinentes as atribuições do mesmo. As atividades foram desenvolvidas no período de fevereiro a agosto de 2017. Os atendimentos foram realizados em grupo, individualmente e com os pacientes restritos ao leito. Foram realizados semanalmente grupos com “Ginastica na terceira idade”, atendimentos individuais e com os que estavam restritos ao leito, de segunda a sexta, a fim de promover melhora na funcionalidade e qualidade de vida. O número de sessões foram estabelecidas de acordo com a necessidade de cada idoso. A execução do fisioterapeuta na ILPI envolveu a realização de oficina “cuidando com postura” voltada para o cuidador com o intuito de capacitar/sensibilizar os funcionários sobre a postura correta ao fazer transferência do idoso, assim como atividades realizadas no dia a dia. Para assim evitar a ocorrência de lesões no idoso e no cuidador se forem realizadas com a postura incorreta. A realização desse espaço de debate possibilitou a identificação de fragilidades e potencialidades dos cuidadores, favorecendo o empoderamento e gerando motivação para execução das suas atividades. Conclui-se que os atendimentos promoveram melhora da auto- estima, evolução de paciente que não deambulava devido a fratura do fêmur, melhora no equilíbrio, força muscular e amplitude de movimento.

Veja o artigo completo: PDF