Resumo Trabalho

INDICADORES DE VIOLÊNCIA CONTRA A PESSOA IDOSA DA PARAÍBA

RENATA CLEMENTE DOS SANTOS, RAFAELLA GUILHERME GONÇALVES, LUCAS BATISTA FERREIRA

Estudo com objetivo de realizar um levantamento de casos de violência contra pessoa idosa cadastrados no Sistema de Notificação e Agravos de Notificação do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde. Trata-se de estudo aplicado, descritivo, exploratório, quantitativo, indutivo, temporal e documental com uso de dados secundários, e com base no agravo de notificação compulsória “violência doméstica, sexual e/ou outras violências” do estado da Paraíba. Os dados foram coletados no mês de agosto de 2017 e sem recorte temporal. Os resultados revelaram que foram notificados no estado da Paraíba, no período, 1.038 casos de violência contra a pessoa idosa. Realizou-se ainda a análise por município, em que selecionaram-se os quatro municípios com maiores indicadores de notificação, num total de 1.010 casos notificados, representando 97,30% das notificações totais do Estado. Desses municípios, João Pessoa a capital do estado, apresentou o maior número de notificações (93,41%). Conclui-se que a violência contra a pessoa idosa é um agravo de saúde pública relevante para melhor compreensão de um contexto social maior. Contudo, mesmo sendo um agravo de notificação compulsória estabelecido pelo Ministério da Saúde e de responsabilidade de profissionais atuantes da área de saúde, a notificação de casos comprovados ou suspeitos, ainda apresenta-se incipiente.

Veja o artigo completo: PDF