Resumo Trabalho

A DOENÇA DE ALZHEIMER E SUA REPERCUSSÃO NA VIDA DO CUIDADOR: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

ANDERSON NOBERTO DA SILVA, CLAUDIA DE LIMA RODRIGUES, LETÍCIA CAVALCANTE DE MELO e orientado por RODRIGO PINHEIRO FERNANDES DE QUEIROGA

INTRODUÇÃO: NO BRASIL, A POPULAÇÃO IDOSA ESTÁ SE TORNANDO CADA VEZ MAIS NUMEROSA. COM ISSO, VÁRIAS DOENÇAS CARACTERÍSTICAS DESTA FASE TEM SE ACENTUADO. DENTRE ESTAS, A DE ALZHEIMER FIGURA COMO UMA DAS PRINCIPAIS PATOLOGIAS DE ORDEM NEURO-DEGENERATIVA, ACARRETANDO GRANDES PROBLEMAS PARA O PORTADOR E TAMBÉM SEUS CUIDADORES. OBJETIVO: DESCREVER E ANALISAR AS REPERCUSSÕES QUE A DOENÇA DE ALZHEIMER OCASIONA NA VIDA DO CUIDADOR. MÉTODO: TRATA-SE DE UM RELATO DE EXPERIÊNCIA DESENVOLVIDO NO PERÍODO DE JANEIRO A ABRIL DE 2019, ONDE SE OBSERVOU A ROTINA DE UM CUIDADOR DE PORTADOR DA DOENÇA DE ALZHEIMER. RESULTADOS: FORAM EVIDENCIADOS DISTINTOS PROBLEMAS E REPERCUSSÕES QUE A DOENÇA DE ALZHEIMER TROUXE PARA A VIDA DO CUIDADOR. MUDANÇAS E ADAPTAÇÕES PARA O ESTADO DEGENERATIVO DO PORTADOR DA DOENÇA CULMINARAM EM PROBLEMAS FÍSICOS, MENTAIS E SOCIAIS PARA O CUIDADOR. CONCLUSÕES: EVIDENCIA-SE A NECESSIDADE QUE OS PROGRAMAS QUE ATUEM NA PROMOÇÃO DE CUIDADOS DO PORTADOR DA DOENÇA DE ALZHEIMER SEJAM ARTICULADOS COM PROGRAMAS QUE ABRANJAM TAMBÉM OS CUIDADORES PARA, DESTA FORMA, OFERTAR UMA MELHOR QUALIDADE DE VIDA PARA AMBOS.

Veja o artigo completo: PDF