Resumo Trabalho

PROCESSO DE ENFERMAGEM AO IDOSO HOSPITALIZADO COM ÚLCERA ISQUÊMICA: DIAGNÓSTICOS E INTERVENÇÕES

CARLOS JORDÃO DE ASSIS SILVA e orientado por ANA ELZA OLIVEIRA DE MENDONÇA e orientado por ANA ELZA OLIVEIRA DE MENDONÇA

A Doença Arterial Obstrutiva Periférica traz prejuízos a saúde da pele, uma vez que a irrigação arterial está prejudicada, impedindo o acesso das células da epiderme, derme e hipoderme aos nutrientes necessários para a sua sobrevivência, gerando então uma situação de isquemia e posterior necrose, culminando no surgimento das úlceras isquêmicas, as quais modificam totalmente o cotidiano do paciente e sua qualidade de vida. O idoso hospitalizado com úlcera isquêmica apresenta-se debilitado e susceptível, assim faz necessário a atenção do Enfermeiro para o cuidado individualizado e humano. Para possibilitar esse cuidado, a Sistematização da Assistência de Enfermagem por meio do Processo de Enfermagem (PE) é essencial para um cuidado de qualidade, individualizado e resolutivo. Objetivou-se relatar o Processo de Enfermagem aplicado ao idoso hospitalizado com úlcera isquêmica em um hospital de ensino no Nordeste do Brasil. Trata-se de um estudo qualitativo, descritiva do tipo relato de caso, no qual foi vivenciado o direcionamento e aplicação de etapas do PE em um cliente idoso com úlcera isquêmica internado na clínica cirúrgica. A equipe de enfermagem deve orientar o paciente quanto ao autocuidado com sua ferida, ensinar como deve ser feito o curativo, como e qual a importância do exercício físico para a melhora do seu quadro de saúde atual. Em especial o enfermeiro no seu processo de trabalho deve cumprir com as determinações da Resolução 358/09 do Cofen afim de oferecer um cuidado de qualidade, além de basear sua pratica de acordo com a legislação vigente para sua profissão.

Veja o artigo completo: PDF