Resumo Trabalho

APLICAÇÃO DO PROCESSO DE ENFERMAGEM AO PACIENTE SUBMETIDO À HEMODIÁLISE

RAMMILA RAYARA DA SILVA, ANNA THAYS DIAS ALMEIDA, JULIANA BARBOSA DA SILVA, HELEN CRISTINY TEODORO COUTO RIBEIRO e orientado por ANA LUÍSA BRANDÃO DE CARVALHO LIRA

A DOENÇA RENAL CRÔNICA É CARACTERIZADA PELA PERDA PROGRESSIVA E IRREVERSÍVEL DA FUNÇÃO RENAL, COM REPERCUSSÃO SISTÊMICA. ESTE ESTUDO TEM POR OBJETIVO APLICAR O PROCESSO DE ENFERMAGEM AO PACIENTE COM DOENÇA RENAL CRÔNICA SUBMETIDO AO TRATAMENTO HEMODIALÍTICO. TRATA-SE DE UM ESTUDO DE CASO CLÍNICO, REALIZADO POR MEIO DAS TAXONOMIAS DE DIAGNÓSTICO E INTERVENÇÃO DE ENFERMAGEM, EM UM PACIENTE SUBMETIDO AO TRATAMENTO HEMODIALÍTICO EM CLÍNICA RENAL, NO MUNICÍPIO DE NATAL (RN). FORAM ELENCADOS DOIS DIAGNÓSTICOS DE ENFERMAGEM: CONHECIMENTO DEFICIENTE E RISCO DE VOLUME DE LÍQUIDOS DEFICIENTE, PARA OS QUAIS FORAM DESENVOLVIDAS INTERVENÇÕES COERENTES COM AS NECESSIDADES DO PACIENTE. CONCLUI-SE QUE O PLANO DE CUIDADOS DE ENFERMAGEM É DE EXTREMA RELEVÂNCIA PARA A RECUPERAÇÃO DA SAÚDE E MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA DOS PACIENTES COM DOENÇAS RENAIS CRÔNICAS. DESSE MODO, O PROCESSO DE ENFERMAGEM DEVE EMBASAR O TRABALHO PROFISSIONAL E NORTEAR OS CUIDADOS DESENVOLVIDOS PELO ENFERMEIRO.

Veja o artigo completo: PDF