Resumo Trabalho

DESEMPENHO FUNCIONAL DE IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS COM COMPROMETIMENTO COGNITIVO

GABRIELA NÓBREGA DUARTE, CINTHYA DE FÁTIMA ARAÚJO CORDEIRO, EMÍLIA SAMPAIO ROCHA, LORENA MARIA BRITO NEVES PEREIRA VILAR e orientado por ISABELLA DANTAS DA SILVA

RESUMO O ENVELHECIMENTO É UM PROCESSO INERENTE A TODOS OS SERES HUMANOS. NO BRASIL, EM VIRTUDE DO ENVELHECIMENTO POPULACIONAL E DA MUDANÇA DA ORGANIZAÇÃO FAMILIAR ESTÁ CRESCENDO O NÚMERO DE IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS. A MAIOR LONGEVIDADE VEM ACOMPANHADA DE COMORBIDADES, DIMINUIÇÃO DO ESTADO DE SAÚDE MENTAL E LIMITAÇÃO DA CAPACIDADE FUNCIONAL. NOSSOS OBJETIVOS FORAM: ANALISAR A RELAÇÃO DO DESEMPENHO FUNCIONAL E O COMPROMETIMENTO COGNITIVO DE IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS, IDENTIFICAR O PERFIL SOCIODEMOGRÁFICO E EPIDEMIOLÓGICO DA AMOSTRA, VERIFICAR O COMPROMETIMENTO COGNITIVO DOS IDOSOS EM INSTITUIÇÕES DE LONGA PERMANÊNCIA E AVALIAR O DESEMPENHO FUNCIONAL DOS PARTICIPANTES DA PESQUISA. ESTE ESTUDO FOI DO TIPO TRANSVERSAL DE NATUREZA QUANTITATIVA, PARTICIPARAM DA PESQUISA 30 IDOSOS DE DUAS INSTITUIÇÕES, FOI APLICADO UM QUESTIONÁRIO SOCIODEMOGRÁFICO, O MINI EXAME DE ESTADO MENTAL E A MEDIDA DE INDEPENDÊNCIA FUNCIONAL (MIF). OBSERVAMOS QUE A IDADE VARIOU DE 64 A 97 ANOS, HOUVE PREDOMÍNIO DO SEXO FEMININO, SOLTEIROS, COM BAIXO GRAU DE ESCOLARIDADE E CONDIÇÃO SOCIOECONÔMICA PRECÁRIA. A PATOLOGIA MAIS FREQUENTE ENTRE OS IDOSOS FOI HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA. TODOS OS PARTICIPANTES APRESENTAVAM ALGUM GRAU DE COMPROMETIMENTO COGNITIVO POR SER UM PRÉREQUISITO DO ESTUDO. FOI VISTO QUE DE ACORDO COM A MIF 53,33% DOS PARTICIPANTES TINHAM DEPENDÊNCIA MÍNIMA PARA A REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DE VIDA DIÁRIA MOSTRANDO POUCA ALTERAÇÃO FUNCIONAL, E CONSTATA-SE QUE EXISTE RELAÇÃO DIRETA E ESTATISTICAMENTE SIGNIFICATIVA ENTRE A COGNIÇÃO E A INDEPENDÊNCIA FUNCIONAL. NA PRESENTE PESQUISA FOI OBSERVADO QUE O COMPROMETIMENTO COGNITIVO DOS IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS INFLUENCIOU DISCRETAMENTE NA CAPACIDADE FUNCIONAL, SENDO JUSTIFICADO PELO ACOMPANHAMENTO REGULAR DA FISIOTERAPIA.

Veja o artigo completo: PDF