Resumo Trabalho

SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO IDOSO COM DOENÇA DE ALZHEIMER E SEQUELA NEUROLÓGICA GRAVE: RELATO DE CASO

MARIANA MARIA PEREIRA CINTRA FARIAS, LHAYSE DOS SANTOS LOPES, MARIANA BARBOSA DA SILVA e orientado por IRENA PENHA DUPRAT e orientado por IRENA PENHA DUPRAT

A Doença de Alzheimer caracteriza-se por um processo neurodegenerativo progressivo e irreversível de aparecimento insidioso, na qual provoca lesões cerebrais, levando à morte de neurônios. Sua prevalência aumenta exponencialmente com a idade, revelando um grande aumento após os 65 anos de idade, sendo considerado como um fator de risco para o desenvolvimento da doença. O enfermeiro, ao realizar a Sistematização da Assistência de Enfermagem, através de seus conhecimentos técnico-científicos, estabelece ações que contribuem para o cuidado prestado e para a organização das condições essenciais para a assistência. Com base nisso, é fundamental implementar o processo de enfermagem no cuidado aos idosos com Doença de Alzheimer sistematizando a assistência e qualificando o atendimento individual proposto pelo método. O objetivo deste trabalho foi elaborar um plano de cuidados a uma idosa hospitalizada com diagnóstico de Doença de Alzheimer e sequela neurológica grave, a partir da Sistematização da Assistência de Enfermagem. Trata-se de um relato de caso, realizado no mês de dezembro de 2016, em uma unidade de cuidados semi-intensivos de um hospital da rede privada de Maceió-AL, no qual foram elencados os Diagnósticos de Enfermagem de acordo com a Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem (CIPE), além da elaboração de um Plano de Cuidados com as intervenções de enfermagem. Os principais diagnósticos foram: Atitude familiar em relação ao regime terapêutico negativa; Desmame ventilatório eficaz; Edema periférico em MMII presente; Integridade da pele prejudicada em região perigastrostomia e periumbilical; Risco de lesão por pressão presente; Risco de infecção cruzada presente. Nesse contexto, podemos destacar que uma assistência de enfermagem qualificada e estabelecida através de metodologia que permite um forte acompanhamento e resolutividade de problemas, demonstra a importância de um modelo sistematizado que prioriza, principalmente, a integralidade do sujeito no processo saúde-doença, proporcionando a prevenção de complicações e promoção à saúde.

Veja o artigo completo: PDF