Resumo Trabalho

RISCO DE QUEDAS VERSUS MORBIDADES AUTORREFERIDAS EM IDOSOS HOSPITALIZADOS

RENATA MAIA DE MEDEIROS FALCAO, RAFAELA RODRIGUES CARVALHO DE LIMA, MAYARA MUNIZ PEIXOTO RODRIGUES, RAFAELLA FELIX SERAFIM VERAS e orientado por JACIRA DOS SANTOS OLIVEIRA e orientado por JACIRA DOS SANTOS OLIVEIRA

As quedas são eventos adversos presentes em pacientes hospitalizados. Nos idosos, principalmente, esses danos acarretam sérias repercussões, podendo resultar em hospitalizações prolongadas, institucionalizações, restrição das atividades e mobilidade, alterações do equilíbrio e do controle postural, isolamento social, ansiedade e depressão. Quando associadas a doenças crônicas não transmissíveis, exibem grande magnitude e são importantes causas de morbimortalidade. O estudo teve como objetivo investigar associação entre o risco de quedas com as morbidades autorreferidas em idosos internados em um Hospital Público de Ensino. Trata-se de uma pesquisa exploratória-descritiva, quantitativa e corte transversal, realizada com idosos internos nas Unidades de Clínica, Cirúrgica e Infecto-Parasitária de um Hospital Público de Ensino, localizado em João Pessoa, Paraíba. Os dados foram coletados de janeiro a abril de 2017, utilizando um instrumento composto pela caracterização socioeconômica, o conhecimento sobre suas morbidades e os medicamentos como fator de risco para quedas e a escala Fall Risk Score de Downtown. Os dados foram analisados pelo SPSS, versão 20.0. A pesquisa foi aprovada com CAAE: 61037516.9.0000.5183. Verificou-se que a visão prejudicada (p= 0,000), dor (p=0,005) e problema de coluna (p=0,016) foram às morbidades estatisticamente relacionadas com o risco de quedas. O enfermeiro é um membro da equipe de saúde que na prática assistencial estabelece maior contato e vínculo com a população geriátrica e seus cuidadores, necessitando estar apto a identificar e intervir no Risco de quedas, a fim de evitar o surgimento de condições incapacitantes que associadas a patologias de caráter crônico, reduzem a qualidade de vida dessa população.

Veja o artigo completo: PDF